Pipo Castro perde liderança mas segue na briga pelo título do Arena Cross

Pipo Castro perde liderança mas segue na briga pelo título do Arena Cross

Pipo Castro perde liderança mas segue na briga pelo título do Arena Cross

A cidade de Araraquara, interior de SÆo paulo, recebeu a sexta etapa do Arena Cross.

Cristopher Pipo Castro, piloto da Pro Tork, garantiu o segundo lugar na competi‡Æo e, com esse resultado, permite que Leandro Silva assuma a lideran‡a da categoria MX1 com trˆs pontos de vantagem. A prova foi realizada neste final de semana.

A categoria MX1 do Arena Cross ‚ disputada em duas baterias. Na primeira, Pipo Castro largou na frente. “Larguei bem mas cometi um erro nas costelas e perdi posi‡äes. Continuei correndo em terceiro lugar, consegui ultrapassar e terminei em segundo”, comentou.

J  na largada da segunda bateria, Pipo nÆo se saiu tÆo bem e teve de fazer uma corrida de recupera‡Æo. “A pista ‚ de dif¡cil ultrapass agem, mas consegui me recuperar e terminar novamente em segundo”, disse o catarinense.

Com esse resultado, Pipo Castro perde a lideran‡a da competi‡Æo para Leandro Silva. “Agora ele est  na frente mas sÆo s¢ trˆs pontos de diferen‡a”, comentou o piloto que briga pelo t¡tulo. A pr¢xima etapa do Arena Cross est  marcada para dia 26 de agosto em Botucatu (SP).

Mais dois – Outros pilotos Pro Tork competiram neste final de semana. Rafael Zenni esteve na pista em Tatu¡ (a 131 km de SÆo Paulo). Ele disputou trˆs categorias: venceu a MX1, foi o segundo colocado na For‡a Livre Nacional e teve de abandonar a MX2 por problemas mecƒnicos. “Na MX1 eu larguei em £ltimo. O meu objetivo era largar para tr s e usar a corrida como um treinamento, ultrapassando os advers rios. Terminei na frente com uma boa vantagem”, co mentou.

J  Nico Rocha estava em Borborema (tamb‚m interior de SÆo Paulo) para competir. O paranaense venceu a MX3, foi o segundo na MXGold e terminou, ap¢s um tombo, a MX1 em quarto lugar.