Pista de Canelinha começa a ganhar formato e pode ser concluída até o final de semana

Pista de Canelinha começa a ganhar formato e pode ser concluída até o final de semana

Pista de Canelinha começa a ganhar formato e pode ser concluída até o final de semana

-Agora dá para dizer que já está com cara de pista-, disse o presidente da FCM, Onílio Cidade Filho, o Kiko, a respeito do novo traçado que está sendo desenvolvido para a etapa final do Mundial de Motocross 2009, que acontece em Canelinha/SC nos dias 12 e 13 de setembro.

Uma dezena de máquinas entre escavadeiras, tratores de esteira, carregadeiras, caminhões e outros estão trabalhando a toda no Motódromo Arthur Jachowicz. Porém, é claro que uma corrida não restringe somente à pista propriamente dita, e por isso há equipes trabalhando em todas as demais áreas.

Mas aproveitando o tempo bom, o maior empenho está sendo destinado mesmo ao traçado. -A expectativa que a pista esteja concluída até o próximo final de semana. Alguns saltos já estão prontos, formando seqüências realmente surpreendentes-, relatou Kiko Cidade.

E paralelamente a construção e moldagem do circuito está sendo feito um completo sistema de irrigação e de drenagem. O lago escavado onde, na pista velha ficava a área de largada, terá essas duas funções. Servirá como reservatório para a irrigação, ou em caso de chuva, como acumulador do sistema de drenagem.

O campeonato – Na última etapa realizada nesse domingo, 9 de agosto, em Leoket, na República Tcheca saíram vitoriosos Clement Desalle (MX1) e Gautier Paulin (MX2). O belga Clement Desalle conquistou sua primeira vitória no Mundial e está com a quarta colocação no geral, somando 426 pontos. O italiano Antônio Cairolli, líder da MX1, não fez uma boa prova e terminou na quarta colocação, mas ainda lidera com uma vantagem de 45 pontos para o segundo colocado, o alemão Max Nagl.

Na MX2, o campeonato está mais equilibrado. O francês Gautier Paulin venceu o GP da República Tcheca e soma 415 pontos no geral. O português Rui Gonçalves fez dois terceiros lugares e ficou com a segunda colocação, somando 423 pontos, 20 a menos que o líder da categoria, o também francês Marvin Musquin que teve problemas mecânicos e terminou a prova em nono lugar.

A próxima etapa do Mundial de Motocross acontece em Lierop, na Holanda, no dia 30 de agosto.