Pneus decepcionam Alex Barros no GP da Catalunha

A oitava posi‡Æo foi a classifica‡Æo de Alexandre Barros no Grande Prˆmio da Catalunha, sexta etapa do campeonato mundial.

E mesmo sendo um resultado apenas razo vel, ainda assim foi conseguido com grande dose de sacrif¡cio e de concentra‡Æo. Esta talvez tenha sido a corrida em que a moto do piloto brasileiro tenha tido o pior desempenho de todas as provas disputadas at‚ agora. E tudo devido aos p‚ssimos pneus escolhidos e fornecidos pela Michelin.

Diferentemente dos pneus fornecidos para dois dos companheiros de Barros -Checa e Nakano- o material escolhido para o brasileiro nÆo permitiam que o piloto tivesse liberdade para buscar os limites da moto. Isso tanto nas entradas de curva como nas freadas e re-acelera‡äes. Com essas p‚ssimas condi‡äes de competi‡Æo, Barros optou por fazer uma corrida conservadora e tentar buscar mais alguns preciosos pontos no campeonato. Conseguiu alcan‡ar esse objetivo, chegando em oitavo lugar na corrida. Mas com uma forte sensa‡Æo de frustra‡Æo e decep‡Æo.

E mais uma vez a M1 de Barros foi a mais lenta das motos da Yamaha, atingindo uma velocidade m xima de 313,2 km/h. A moto de Melandri chegou a 314,2 km/h, a de Jacque a 317,6 km/h, a de Checa a 318,2 km/h e a de Nakano atingiu 318,9 km/h. A motocicleta com maior velocidade final nessa corrida desta vez foi a Honda RC211V de Valentino Rossi, que chegou a 323,0 km/h. Um fato que deixa transparecer que Rossi tem uma moto que, mesmo j  tendo demonstrado ser superior as demais, ainda tem uma boa reserva de desempenho. E que quando necess rio -como aconteceu hoje- ele a acaba utilizando.

Na classifica‡Æo do campeonato o piloto brasileiro passa a ser o quinto colocado, com 54 pontos. Logo … frente de Barros, na quarta coloca‡Æo, est  o vencedor de hoje, Loris Capirossi, com 61 pontos. Tohru Ukawa ‚ o advers rio que mais se aproximou de Alexandre no campeonato, passando a ser o sexto, com 52 pontos. O l¡der segue sendo Valentino Rossi, com 135 pontos.

Nessa segunda-feira Alexandre Barros e todos os demais pilotos da Yamaha permanecerÆo em Barcelona para dar seqˆncia aos testes de pneus e de novos componentes para Yamaha YZR M1.