EndInd2014_destq_22_08

Prepare-se, vem aí o Enduro da Independência 2014

A edição de 32 anos do Enduro da Independência começa oficialmente no próximo dia 3/9 e terá a largada para a primeira etapa na histórica cidade mineira de Mariana com a linha de chegada em Vitória no Espírito Santo no dia de comemoração da Independência do Brasil, 7/9.

O Enduro da Independência é uma forma do TCMG cumprir seu papel de desenvolvedor social, cultural e esportivo

O Enduro da Independência é uma forma do TCMG cumprir seu papel de desenvolvedor social, cultural e esportivo

No primeiro dia do Enduro da Independência 2014 os pilotos vão largar e chegar em Mariana depois de passar por muitas trilhas da região de Ouro Preto e Mariana. A organização utilizará percurso diferenciado para as categorias Master, Sênior e Over 40, exigindo mais dos pilotos em médias e grau de dificuldade.

O segunda pernoite será em Manhuaçu/MG em 05/9, e o terceira em Venda Nova do Imigrante (ES). No quarto dia a chegada será em Vitória, capital do Espírito Sando, palco de largada da edição de 2013.

A competição larga para valer na quinta-feira (4) de Mariana (MG) e chega a partir das 14h da sexta-feira em Manhuaçu. No sábado, a largada do primeiro piloto é a partir das 7h, rumo a Venda Nova do Imigrante (ES) e chegada no feriado de 7 de setembro em Vitória. A organização de prova promete novidades e surpresas no percurso deste ano.

Em todas as cidades-sede, uma grande estrutura será montada para receber os mais de 2.000 integrantes do comboio, entre estrutura de apoio dos pilotos, jornalistas e organização.

Uma das atrações da caravana será o grupo Radical Moto Show, especializado em acrobacias, que vai se apresentar show de freestyle motocross em 3 cidades sedes da 32º edição do Enduro da independência. Mariana (MG) no dia 3, Manhuaçu (MG) na sexta-feira (5) e uma grande festa no Espírito Santo, em Vitória, na chegada domingo, dia 7 de setembro.

O piloto Romeu Valadão, de Lagoa da Prata (MG), será homenageado recebendo um destaque especial na 32ª edição do Enduro da Independência. Valadão foi bi-campeão da competição nos anos de 1988 e 1989, 6ª e 7ª edições da prova. Junto com o piloto de Itaúna (MG), Higino Vasconcelos, eles serão os pilotos chamados “abre trilha”, que têm a importante função de ser os primeiros a passar nos 800 km do percurso traçado para este ano, nos quatro dias de competição, comunicando à direção de prova qualquer obstáculo ou imprevisto durante a sequência da prova.

Além do mais, Valadão e Higino devem estar bem fisicamente, para manter o ritmo e não serem alcançados pelos primeiros pilotos da competição. A iniciativa foi uma idéia da diretoria do TCMG, que alia a experiência dos veteranos com mérito pelos feitos no passado.

PROGRAMAÇÃO
3/9 – Secretaria de Prova – Mariana/MG, Local Arena Mariana;
4/9 – Largada  e primeiro pernoite – Mariana/MG;
5/9 – Segundo  pernoite – Manhuaçu/MG
6/9 – Terceiro pernoite – Venda Nova do Imigrante/ES
7/9 –  Chegada :  Vitória/ES (Previsão do 1º piloto às 12h30)

Percurso do Enduro da Independência 2014

Percurso do Enduro da Independência 2014

O Enduro da Independência, mantém a tradição e profissionalismo há mais de 30 anos e conserva o caráter histórico e cívico. Uma prova que marca a vida dos competidores com histórias inesquecíveis, entre os quase 20 mil participantes ao longo destas três décadas.

É neste cenário que acontece mais uma edição do Enduro da Independência, organizado pelo Trail Clube de Minas Gerais (TCMG), que cumpre seu papel de desenvolvedor social, cultural e esportivo.

MANHUAÇU (MG) SE MOBILIZA PARA RECEBER O ENDURO DA INDEPENDÊNCIA

Uma das cidades-sede do Independência neste ano será a cidade mineira de Manhuaçu, localizada a 290 km de Belo Horizonte e 224 de Vitória (ES), que recebe pelo segundo ano consecutivo a caravana da competição que está na sua 32ª edição e passa pelo município nos dias 5 e 6 de setembro, com a base no Parque de Exposições David Lara.

Manhuaçu, cidade com nome de origem indígena e significado “chuva grande”, é um pólo econômico regional, caracterizado hoje pela prestação de serviços. Oferece uma boa infraestrutura hoteleira para turismo da região Vertente do Caparaó. O município é composto pelos os distritos de Dom Correa, São Sebastião do Sacramento, Vila Nova, Realeza, Ponte do Silva, São Pedro do Avaí, Palmeiras do Manhuaçu e Santo Amaro de Minas, com as vilas de Palmeirinhas, Bom Jesus de Santo Amaro. Ao todo são quase 100 mil habitantes.

A capital do Café das Montanhas, como é conhecida historicamente, teve grande destaque durante o Ciclo do Ouro, no Brasil Colônia. Enquanto as regiões de Ouro Preto, São João Del-Rei, Mariana e Congonhas se baseavam na extração mineral, a Zona da Mata se dedicava aos produtos agrícolas, justamente para suprir a demanda dos mineradores. O café já se tornara, em 1830, o principal produto de exportação de Minas Gerais, sendo a Zona da Mata a maior produtora.