Foto: O presidente da CBM entre seus vices, Renan Loubak (esquerda na foto) e Assis Aquino

Presidente da CBM integra comissão de Motocross da FIM

Foto: O presidente da CBM entre seus vices, Renan Loubak (esquerda na foto) e Assis Aquino

Foto: O presidente da CBM entre seus vices, Renan Loubak (esquerda na foto) e Assis Aquino

Entidade máxima do motociclismo em nosso país, a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) vem demonstrando seguidamente nos últimos meses sua força no cenário esportivo internacional.

Depois de indicar e conseguir eleger o português Jorge Viegas como vice-presidente da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), e indicar e eleger o brasileiro Reinaldo Selhorst, presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Rondônia (FMR), para a vice-presidência da União Latino-Americana de Motociclismo, mais uma importante notícia nesta quinta-feira.

O presidente da CBM, Alexandre Caravana, foi indicado para ser um dos membros da comissão de motocross da FIM, assumindo essa posição pelos próximos quatro anos. A indicação de Caravana partiu do conselho de direção da FIM. A comissão de motocross da entidade é responsável pela coordenação da modalidade em todo o mundo, desde o regulamento dos campeonatos até a realização das provas, propriamente ditas.

– É um reconhecimento da FIM de um trabalho não só meu, mas da CBM como um todo. Acho que poderei ajudar muito a desenvolver ainda mais o esporte na América Latina. Fazer parte da comissão de motocross é algo muito difícil, pois praticamente todas as federações internacionais querem ter seus representantes nela. Fico muito orgulhoso por mais esta conquista da CBM no cenário internacional – afirmou Caravana.