Foto: Presidente da FIM, Vito Ippolito

Presidente da FIM reage às mudanças para redução de custos

Foto: Presidente da FIM, Vito Ippolito

Foto: Presidente da FIM, Vito Ippolito

Na sequência de algumas significantes alterações ao Regulamento do Campeonato do Mundo de Grandes Prémios para a época de 2009 o Presidente da FIM, Vito Ippolito, dá a sua opinião sobre as modificações.

Teve lugar na Suíça, na quarta-feira (18 de Fevereiro) importante reunião da Comissão de Grandes Prémios onde foram ratificadas propostas para a redução de custos que haviam já sido aprovadas por unanimidade pela MSMA no início deste mês e com vista ao Campeonato do Mundo de 2009.

As alterações incluem o fim dos treinos livres de sexta-feira de manhã para todas as classes em todos os Grandes Prémios, a redução de todas as sessões de treinos de MotoGP, limitações ao uso de certos sistemas de electrónica e controlo de partida nas máquinas de MotoGP, a restrição do número de motores a ser usado por cada piloto na segunda metade da época de 2009 e a redução dos testes pós corrida a duas datas.

O Presidente da FIM Vito Ippolito explicou os motivos por detrás das actualizações aos regulamentos dizendo: “Hoje tomámos algumas decisões importantes para a redução de custos nos Grandes Prémios e concordámos todos com as mudanças. Os nossos organizadores, a Dorna, os nossos construtores e as nossas equipas ajudaram todos nas decisões.”

Ele continuou: “A importante redução das sessões de treinos e a redução no tempo das mesmas vai reduzir custos de forma significativa, bem como a proibição de alguns sistemas de controlo de partida e a redução do número de motores a ser utilizado na segunda metade do ano.”

“Estas são as últimas decisões respeitantes a este ano e acreditamos que vão ajudar todos. São os primeiros passos dados com vista ao futuro e vamos voltar a reunir-nos nas próximas semanas para discutir mais reduções de custos para 2010,” acrescentou.

Carmelo Ezpeleta, Director Executivo da Dorna, comentou: “Tivemos uma reunião da Comissão de Grandes Prémios hoje onde introduzimos algumas medidas significativas para garantirmos o futuro do MotoGP. Estas decisões para 2009 vão ajudar a tornar mais acessível a participação no Campeonato do Mundo e antecipam já 2010. Este é um dia importante para o Campeonato do Mundo de MotoGP, que agora vai ser mais barato e excitante.”