Primeiro semestre aponta reaquecimento do setor

As vendas do setor de motociclos no acumulado do primeiro semestre deste ano apresentaram crescimento.

No total foram comercializados no mercado interno 450.962 motociclos, desempenho 3,2% maior que as 436.858 unidades vendidas nos seis primeiros meses de 2003. Em junho os 78.874 motociclos ofertados representaram 12% de aumento se comparado ao mesmo mˆs do ano passado – 70.401 unidades. Em rela‡Æo a maio, registrou-se uma retra‡Æo de 1,4%.

 o que apresenta o balan‡o da Associa‡Æo Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (ABRACICLO).

Em junho, as exporta‡äes apresentaram um crescimento de 15,7% em rela‡Æo a maio. Nos seis primeiros meses do ano foram exportadas 62.026 unidades, enquanto que em igual per¡odo de 2003 atingiu 40.386 motociclos, um salto de 53,6% que em uma proje‡Æo at‚ o final do ano supera a previsÆo de 110 mil unidades exportadas at‚ dezembro.

“A greve dos auditores fiscais da Receita Federal, prejudicou a linha de montagem de alguns modelos pela falta de componentes em maior ou menor grau conforme a montadora”, disse Paulo Takeuchi, presidente da ABRACICLO. E destaca, “embora tenha havido uma pequena retra‡Æo no mercado interno, os n£meros totais apontam uma retomada no crescimento das vendas, da mesma maneira que as exporta‡äes no mˆs de junho e no acumulado do primeiro semestre indicam um aumento na comercializa‡Æo para o mercado externo, crescimento atribu¡do … qualidade e pre‡o competitivo de nossos produtos”, afirmou Takeuchi.