Foto: P¢dio da categoria MX1 no Brasileiro de Motocross

Pro Tork é campeã brasileira em duas categorias

Foto: P¢dio da categoria MX1 no Brasileiro de Motocross

Foto: P¢dio da categoria MX1 no Brasileiro de Motocross

Rio das Ostras (RJ) – Tarde de alegria para a Pro Tork – A marca finalizou a disputa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2007 com dois campeäes: Gustavo Roratto, patrocinado, garantiu, na £ltima etapa, o t¡tulo da 65cc.

Milton Becker, o Chumbinho, conquistou seu 13§ t¡tulo nacional por antecipa‡Æo. Foi o campeÆo da MX3. As provas foram realizadas na tarde deste domingo, 16 de setembro, em Rio das Ostras, litoral do Rio de Janeiro.

A decisÆo da 65cc ficou para a £ltima etapa do campeonato. O pequeno Gustavo Roratto largou em segundo e finalizou a bateria na sexta posi‡Æo. Resultado suficiente para garantir o t¡tulo nacional. “Estou muito feliz. Larguei em segundo e fiquei logo na ponta. Fui ultrapassado mas tive a informa‡Æo de que o sexto lugar seria suficiente. A¡ eu fiquei calmo e consegui ser campeÆo”, comemorou o piloto que assumiu estar nervoso antes da largada. Na classifica‡Æo geral, Roratto acumulou 123 pontos e empatou com Kaio Miranda. Venceu pelo crit‚rio de desempate: maior n£mero de vit¢rias seguido pela melhor coloca‡Æo na £ltima etapa.

JoÆo Paulino Marronzinho finalizou a temporada como vice-campeÆo da MX1. O piloto catarinense garantiu a terceira coloca‡Æo nesta £ltima bateri a enquanto seu principal advers rio, Wellington Garcia foi o quarto. Os pontos que acumulou nÆo foram suficientes para que ele ultrapassasse Wellington. Marronzinho terminou com 160 pontos na classifica‡Æo e o goiano com 174. Na mesma categoria, Cristopher Pipo Castro, patrocinado pela Pro Tork, tamb‚m terminou a temporada no p¢dio. Foi o quinto colocado.

Na categoria MX3, a alegria veio ainda na etapa de Cianorte (PR), quando Milton Becker, o Chumbinho, garantiu, por antecipa‡Æo, o t¡tulo de campeÆo brasileiro. Ali s, seu 13§ t¡tulo nacional. Sem relaxar, o piloto catarinense venceu neste domingo, fechando a disputa com chave de ouro . O piloto se prepara, agora, para o Brasileiro de Supercross, competi‡Æo que tem in¡cio no pr¢ximo final de semana, 22 de setembro, em Minas Gerais. “Essa pista daqui, mais lenta um pouco, foi um bom treino para a semana que vem”, comentou. Ainda na MX3, a Pro Tork Racing Team contou com Nico Rocha que foi o quinto colocado nesta etapa e terminou o campeonato com a quarta posi‡Æo.

O t¡tulo da MXJr j  estava nas mÆos do paranaense Jean Ramos. A briga, entÆo, acontecia pelos outros lugares ao p¢dio. E o terceiro degrau ficou com Rafael Faria, da equipe Pro Tork. O piloto finalizou a competi‡Æo com 110 pontos acumulados.

Confira a posi‡Æo dos pilotos Pro Tork na classifica‡Æo geral do Campeonato Brasileiro de Motocross 2007:

65cc – 1§ – Gustavo Roratto – 123 pontos
2§ – Kaio Miranda – 123 pontos
3§ – Rodrigo Riffel – 99 pontos
4§ – Marcos Holtman – 99 pontos
5§ – Endrews Armnstrong – 82 pontos

MXJr – 1§ – Jean Ramos – 159 pontos
2§ – Dudu Lima – 134 pontos
3§ – Rafael Faria – 110 pontos
4§ – Gustavo Amaral – 80 pontos
5§ – Kaian Teixeira – 77 pontos

MX1 – 1§ – Wellington Garcia – 174 pontos
2§ – JoÆo Paulino Marronzinho – 160 pontos
3§ – Roosevelt Assun‡Æo – 118 pontos
4§ – Leandro Silva – 109 ponto s
5§ – Cristopher Pipo Castro – 76 pontos

MX3 – 1§ – Milton Becker Chumbinho – 201 pontos
2§ – Rog‚rio Nogueira – 116 pontos
3§ – Alexandro Valerim – 114 pontos
4§ – Nico Rocha – 88 pontos
5§ – Tunico Miranda – 65 pontos

TR50F para adultos – A £ltima etapa do Campeoanato Brasileiro de Motocross tamb‚m contou com a disputa das minimotos Pro Tork. A corrida da categoria TR50F para adultos levantou o p£blico presente em Rio das Ostras, Rio de Janeiro. A vit¢ria desta etapa ficou com JoÆo Paulino Marronzinho, que largou bem e segurou a ponta at‚ o final. O segundo lugar ficou com Ricardo Mototaxi e o terceiro com Rodrigo Rateiro. Milton Becker Chumbinho foi o quarto e Andr‚ Lima o quinto. A cada etapa, o vencedor leva pra casa um exemplar zero quil“metro da TR50F da Pro Tork