Pro Tork Racing Team lidera treino cronometrado da MX3 em Cianorte

Chumbinho crava melhor tempo e se aproxima do t¡tulo, mas outro integrante da Pro Tork Racing Team pode “carimbar” sua faixa

Come‡ou do jeito que o catarinense Milton Becker, o Chumbinho, queria. Integrante da Pro Tork Racing Team e l¡der da categoria MX3 com 125 pontos, ele deu um importante passo para comemorar seu 13o t¡tulo brasileiro, neste domingo, na sexta etapa do Brasileiro de Motocross, em Cianorte (PR).

Chumbinho cravou neste s bado o melhor tempo no treino classificat¢rio de sua categoria ao registrar 1min47s310, 0s338 mais r pido que o segundo colocado, Nico Rocha, tamb‚m integrante do Pro Tork Racing Team. Para conquistar o quarto t¡tulo seguido na MX3, Chumbinho precisa apenas somar cinco pontos na bateria deste domingo, que est  programada para o meio-dia.

“Estou trabalhando para somar o maior n£mero de pontos nessa etapa. Nada est  ganho ainda. A moto est  ¢tima e amanh Æ preciso encontrar um bom tra‡ado na pista, al‚m de largar na frente”, falou Chumbinho. Nico Rocha, que veio logo a seguir no treino, diz que tem equipamento para ao menos “carimbar” a 13a faixa de Chumbinho: “Eu poderia ter andado mais r pido no treino, mas o importante ‚ que tenho um acerto inicial promissor. AmanhÆ vou fazer alguns ajustes na rela‡Æo e na suspensÆo. SÆo detalhes que vÆo me colocar em boas condi‡äes na prova”.

Outros pilotos da Pro Tork Racing Team obtiveram bons resultados em Cianorte. JoÆo Paulino Marronzinho, apenas a um ponto do l¡der Wellington Garcia na MX1, fez o segundo tempo, atr s s¢ do rival. “Estou otimista, costumo andar bem em Cianorte. Vai ser uma prova decidida em detalhes”, falou.

Na MXJr, Rafael Faria cravou o segundo tempo. Ele ‚ o vice-l¡der do campeonato, com 93 pontos (24 a menos do que o l¡der Jean R amos). Rafael Zenni conseguiu um duplo quarto lugar nos treinos cronometrados de hoje: ele atingiu a coloca‡Æo tanto na MX1 quanto na MX2.

Outros dois pilotos representaram a Pro Tork neste s bado em Cianorte. Patrocinados pela f brica paranaense, Cristopher Pipo Castro e Gustavo Roratto ficaram em 12o e nono, respectivamente, nas categorias MX1 e 65cc.