Foto: Bitenca

Problema de Ciclística

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Olá! Gostaria de uma ajuda em relação à minha GS 500E 07/08. Estou a pouco tempo com a moto e notei algumas coisas que eu acredito não ser normal. Uma delas é a instabilidade que é pilotá-la depois dos 120km/h. A moto é nova, está tudo alinhado, mas basta pegar uma reta ou curva acima de 120km/h que ela começa a balançar estranhamente. Já vi muitos relatos sobre isso e li algumas coisas interessantes de usuários que podem ter resolvido o problema, umas delas é “retirar” o pesinho do guidom e a outra é trocar o óleo da suspensão dianteira. Outra coisa que não me conformo é o desgaste precoce das pastilhas de freio traseira, é normal isso? A minha GS está 5k e as pastilhas foram substituídas pois passaram do limite nesta kilometragem. Desde já, agradeço a atenção! Att Inácio, 27, São Paulo, SP.
R: Inácio, a GS500 não pode ser considerada uma moto leve, mas também não é pesada. Em velocidades altas a moto vai ficando sujeita aos golpes de vento. Se você for novo no uso de motos dessa capacidade essa sua impressão pode ser efeito do fato acima. Um pouco de vento lateral nas estradas às vezes pode assustar mas não é considerado um problema da ciclística e sim uma característica da moto, às vezes a gente pensa que tem pneu furado ou coisa assim, mas é só o vento. Olha, se tirar o peso do guidon fosse bom a moto viria sem eles, não acha? Mas a troca do óleo original por um outro um pouco mais denso e com mais volume na suspensão dianteira melhora a estabilidade em velocidades mais altas em detrimento do conforto em baixa. Quanto ao desgaste das pastilhas traseiras esse sintoma indica que o seu uso está mal distribuído, você aplica demais o traseiro e muito pouco o dianteiro, que na verdade é o que pára a moto. Você precisa treinar a técnica correta de frenagem aplicando mais pressão no freio dianteiro com segurança, dois dedinhos no manete faz milagre parando a moto. Boa sorte

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Bittenca! Obrigado pelas dicas! Bom, realmente ainda não tenho experiência com moto média, fazem 7 anos que eu piloto motocicletas. Antes da GS, tinha uma intruder 125cc e antes dela uma Twister 250cc. Pego referência mais pela Twister, que era extremamente estável em relação à GS. Uma vez, descendo a Imigrantes, pude no túnel, uma única vez dar 160km/h no velocímetro (em um dia que não havia quase nehum veículo naquele trecho) e lembro-me muito bem, que apesar de estar em alta-velocidade, a motocicleta estava extremamente leve mas a frente não balançava quase nada, sem falar as muitas viagens que fiz junto ao motogrupo com a velocidade de cruzeiro de 120km/h tranquilamente. A GS, mesmo com jaqueta de couro grudada no corpo, ela balança – e Bittenca, é muito – como se fosse um Shimi. Fiz um outro teste, para verificar se realmente a suspensão está falhando neste aspecto. Cheguei até 140km/h com força e mantive alguns segundos, ou seja, coloquei força na roda traseira até chegar à velocidade de 140km/h – e o resultado foi o Shimi ou sei lá o quê assustador! Depois, fui também aos 140km/h só que gradativamente, sem forçar e mantive alguns segundos em última marcha – e o resultado foi que a moto se manteve reta sem balançar muito. Outra coisa Bittenca, a suspensão dá final de curso muito fácil, acho que tudo isso deve ter algo haver com a suspensão mesmo.
Quanto ao freio, estou seguindo as orientações. É muito freio pra quem era acostumado com pouco. Bittenca, muito obrigado! Um abraço Inacio

OK, Inácio, vamos mais ao fundo. Acho que um trato no óleo da suspensão pode ser boa medida. Ainda não sei o seu peso, mas se a Twister andava bem com você esse não deve ser o problema. Uma calibração fina da suspensão acho aconselhável. Tenha certeza de que os pneus estão bons e que sejam de primeira linha e da medida correta. Pneu desgastado ou desbalanceado principalmente na frente causa isso. Nem vou falar do rolamento da direção porque se fosse o caso você reclamaria de um sintoma insuportável que é muita vibração e barulho.
Abraços.