Prova da Dunas abrirá Campeonato Brasileiro de rali

A segunda edi‡Æo do Rally Rota Sul, prova organizada pela Dunas Race, a mesma empresa que faz o Rally dos Sertäes, vai abrir o calend rio do Campeonato Brasileiro de Cross Country em estradas e trilhas do interior do Rio Grande do Sul em abril. Os competidores de carros, motos, caminhäes e quadriciclos sairÆo de Torres, vÆo passar pela Praia do Cassino, que pertence ao munic¡pio de Rio Grande, e chegarÆo em Bag‚.

A programa‡Æo come‡a no dia 7 com a inspe‡Æo dos ve¡culos em Torres. O procedimento continuar  no dia seguinte e logo depois ser  disputado o pr¢logo, definindo a ordem de largada para a primeira etapa cronometrada entre Torres e Praia do Cassino, na sexta-feira, dia 9. A £ltima etapa ser  dia 10, s bado, entre Praia do Cassino e Bag‚.

A competi‡Æo vai reunir os melhores pilotos e equipes do pa¡s. A grande novidade para este ano ‚ a cria‡Æo da categoria regularidade, onde ‚ poss¡vel participar com carro de tra‡Æo nas quatro rodas sem qualquer prepara‡Æo especial. Mas para quem quer fugir do estresse de uma corrida poder  optar pela expedition, onde a prioridade ‚ conhecer os lugares mais bonitos do Brasil com direito a paradas no meio do caminho para aproveitar a natureza.

O Rota Sul, embora esteja ainda na segunda edi‡Æo, j  ‚ considerado a prova mais importante do calend rio do Campeonato Brasileiro atr s do Rally dos Sertäes. O alto n¡vel de organiza‡Æo, de seguran‡a para os competidores e o grande interesse da m¡dia fizeram com que o rali se tornasse uma das prioridades para pilotos e equipes. No ano passado foram 127 ve¡culos inscritos em todas as categorias, um n£mero acima da m‚dia no pa¡s.

Inscri‡äes mais baratas
Inicialmente planejado para ter trˆs dias de prova (sexta, s bado e terminando no domingo dia 11), agora o Rota Sul ter  dois dias de disputas e acabar  no s bado. A Dunas Race decidiu reduzir a prova em um dia e deixar o domingo livre para que equipes e pilotos possam retornar do Rio Grande do Sul com mais tranquilidade. Se a prova terminasse no domingo, muitos teriam que sacrificar a segunda-feira de trabalho. “No ano passado fizemos a prova de trˆs dias, mas era feriado na segunda-feira”, explicou Simone Palladino, diretora-executiva da Dunas Race. Com a redu‡Æo do n£mero de dias de prova, a Dunas baixou os valores das inscri‡äes. Aqueles que j  haviam confirmado presen‡a terÆo a diferen‡a do valor devolvida.

Roteiro
O levantamento detalhado do roteiro do Rota Sul come‡ar  a ser conclu¡do a partir desta sexta-feira. Edu Sachs, respons vel pela missÆo, acredita que o trabalho levar  pelo menos 10 dias. Este ano a Dunas Race estar  fazendo duas rotas diferentes, sendo uma para o cross country e outra para o regularidade e expedition. “As cidades serÆo as mesmas, mas teremos rotas diferentes. A expedition e a regularidade farÆo caminhos iguais, mas a expedition poder  parar e aproveitar as atra‡äes da regiÆo”, comentou Edu Sachs.