Quadriciclos: uma modalidade em ascenção (II)

Quad e mercado – De acordo com funcion rios de revendas Yamaha, a marca tem mandado cerca de quatro ou cinco modelos desse tipo de ve¡culo para as lojas mensalmente. A procura ‚ tÆo grande que j  existe at‚ lista de espera. As vendas seguem esse ritmo em Natal, JoÆo Pessoa e Fortaleza. Nas praias, s¡tios e fazendas, a presen‡a dos quadris est  cada vez mais forte. Essa ‚ a mesma realidade da Honda. “H  uns trˆs anos atr s, os quadris demoravam a ser vendidos. Agora, o que chega ‚ comercializado e a procura ‚ muito grande”, disse o diretor da Potiguar Honda em Natal, JoÆo Carlos.

De acordo com o Wikipedia (www.wikipedia.org), a enciclop‚dia livre do Google na internet, o termo quadriciclo (moto quatro, em Portugal) ou ATV (“All-Terrain Vehicle”, em inglˆs) ‚ utilizado geralmente para descrever um pequeno ve¡culo motorizado aberto com quatro rodas, desenhado para uso off-road. Todavia, o American National Standards Institute (ANSI) define um ATV como um ve¡culo que se movimenta sobre pneus de baixa pressÆo, com um assento onde se instala o operador e um guidon para controle de dire‡Æo. Pela defini‡Æo corrente do ANSI, o ve¡culo ‚ destinado a um £nico ocupante, embora uma mudan‡a para dois assentos esteja sendo estudada.

O condutor opera estes ve¡culos como uma motocicleta, mas as rodas extras lhe dÆo mais estabilidade em baixa velocidade. Embora tipicamente sejam equipados com trˆs ou quatro rodas, existem modelos com seis rodas para aplica‡äes especializadas. A capacidade dos motores que equipam os ATV’s vendidos hoje em dia (2007) nos Estados Unidos, varia de 50cc a 800cc.

Prova do potencial do mercado para os quadris sÆo os crescentes n£meros de venda. Em 2004, a Yamaha comercializou 52 unidades; 2005, o n£mero dobrou: foi para 107. E em 2006, a meta de 1.000 unidades foi superada. A Honda tamb‚m percebeu este nicho a ser explorado e desde dezembro de 2005 implantou uma pol¡tica comercial para retomada das vendas. Com apenas um modelo … venda, o TRX 350 Fourtrax, a montadora reduziu o pre‡o das duas versäes: a TM (4×2) ficou 11,8% mais barata; e a FM (4×4), 7,8%. Os resultados j  apareceram. Nos cinco primeiros meses de 2006 foram comercializadas 500 unidades, quantidade superior ao comercializado em 2005, segundo informa‡äes da assessoria de imprensa da marca.

Para completar, todas as marcas, atletas e organizadores de evento recomendam a utiliza‡Æo de todos os equipamentos de seguran‡a, assim como luvas e capacetes. Um mercado em ascensÆo que necessita de cuidados e agrada conservadores e ousados. O importante ‚ ter responsabilidade, conhecer os seus limites e andar de acordo com as leis de trƒnsito e ser prudente, sempre.

PROGRAMA€ÇO DO CERAPIà 2008:
Dias 21 e 22 de Janeiro
9h …s 12h/ 14h …s 17h – Vistoria t‚cnica e m‚dica:
Local: Marina Park Hotel – Fortaleza/CE

Dia 22 de Janeiro
18h – Briefing
20h – Largada promocional

Dia 23 de Janeiro
Largada: Marina Park Hotel – Fortaleza/CE
Chegada: Esta‡Æo das Artes – Mossor¢/RN

Dia 24 de Janeiro
Largada: Esta‡Æo das Artes – Mossor¢/RN
Chegada: Hotel Vila do Mar – Natal/RN

Dia 25 de Janeiro
Largada: Hotel Vila do Mar – Natal/RN

Chegada: Parque Solon de Lucena – JoÆo Pessoa/PB

Dia 26 de Janeiro
Largada: Farol da Ponta do Cabo Branco – JoÆo Pessoa/PB
Chegada: Praia de Boa Viagem, 2§ jardim – Recife/PE

Festa de Premia‡Æo:
20h – Hotel Golden Beach – JaboatÆo dos Guararapes/PE

Home-page : www.cerapio.com.br / E-mail : cerapio@digizap.com.br