A moto da Marello Motos: trilha enquanto a minha moto estava na concessionária

Quando o atendimento faz toda a diferença

Texto de Rodrigo Fasioli

Comprei uma moto Traxx Fly 250, marca pouco conhecia, modelo novo, é um risco… Já tinha uma motoca da marca antes (Sky 125) e não tive problemas. Mas desta vez, infelizmente, logo no começo já tive problemas com a moto, ela começou a falhar até parar. O problema foi solucionado em dois dias pela concessionária. Por se tratar de um produto novo, eles quiseram fazer uma inspeção geral para ter certeza de resolver o problema o que foi resolvido com a limpeza do bico injetor, filtro e mangueiras.

A minha moto: atendimento especial

A minha moto: atendimento especial

No entanto, o que mais me impressionou nesta história foi o atendimento pós-venda da concessionária Marello Motos, de Santo André (SP). Quando a moto começou a falhar imediatamente liguei para a concessionária. Como não se sabia a causa da falha, o gerente prontamente se dispôs em buscar a moto com a van de transporte deles. Só por essa atitude já me impressionei positivamente de tão acostumado com mal atendimento que recebemos em outras concessionárias – eu já passei por situações bem desagradáveis com outras “grandes” redes.

Voltando ao caso atual, vieram me buscar após 40 minutos do meu telefonema. Eu imaginava que iriam pegar a moto e me dar uma carona, mas a surpresa maior veio quando eles desceram a moto de test-drive da concessionária e me entregaram a chave, documento e deixaram uma moto igual a minha sem eu ter pedido ou pago por isso!

No fim era apenas sujeira, mas pela quantidade de sujeira e o pouco tempo de uso, eles atribuíram o problema a alguma coisa que aconteceu na montagem da moto, me pediram desculpas e não cobraram nada, nem pelo serviço nem pelo uso da moto.

A moto da Marello Motos: trilha enquanto a minha moto estava na concessionária

A moto da Marello Motos: trilha enquanto a minha moto estava na concessionária

Por isso faço questão de registrar isso publicamente. Parabéns à Marello Motos!  Eles tranquilamente podiam ter me largado na rua e mandado eu levar a moto até eles. Não fizeram! Podiam ter me deixado a pé enquanto minha moto estava na concessionária. Não deixaram! Podiam ter falado que o problema era do combustível que eu coloquei no tanque da moto. Não fizeram isso também! Me trataram super bem a todo o momento, desde o gerente, passando pelos vendedores, mecânicos etc, arrumaram a moto e ganharam um cliente muito satisfeito! Tanto com a moto quanto com a concessionária!

Isso aconteceu por volta de 400 km rodados. Agora a moto está com 1300 km e não voltou a dar sinal do problema. Bem, outro dia fiz um teste com o posto que costumava abastecer. Tinha 1/4 de combustível e coloquei R$10,00 de gasolina, saí do posto e rodei alguns quilômetros bem, mas na manhã seguinte quando fui ligar a moto, percebi que ela esta demorando para ligar, ligava e morria, tinha que acelerar. Depois da 4ª vez que fui ligar e a moto estava ruim, resolvi ir no posto que a concessionária me indicou e enchi o tanque. Imediatamente liguei e ela funcionou normalmente. Já rodei uns 400 km depois disso e a moto tá legal.

A concessionária já tinha me dado gratas surpresas desde minha moto anterior e esta foi apenas mais uma atitude de bom atendimento, honestidade, preocupação com o cliente, com o produto e com a imagem da marca e da loja! Analisei friamente e verifiquei que este é um padrão de atendimento desta concessionária, pois nas outras ocasiões que precisei, sempre tive bom atendimento em várias pequenas manutenções que precisei fazer como ajuste na suspensão, no freio, na corrente, entre outras.

Acho que este devia ser o padrão de tratamento de todas as concessionárias de todos os fabricantes! E os fabricantes deviam exigir este padrão de suas concessionárias!

Separador_2