Gustavo Vidal acelerou em três categorias e venceu a VX Nacional A

Queimados faz bonito na 3ª etapa da Copa Carioca de Veloterra

Gustavo Vidal acelerou em três categorias e venceu a VX Nacional A

Gustavo Vidal acelerou em três categorias e venceu a VX Nacional A

Dia de sol, rock and roll e o alto ronco dos motores, cenário perfeito para a realização da 3ª Etapa da Copa Carioca de Veloterra, que aconteceu neste final de semana no Município de Queimados, na Baixada Fluminense. O evento foi organizado pelo Velopraia Racing, em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria de Esporte e Lazer e reuniu mais de 200 atletas de diversos Municípios dos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, que competiram em uma pista de terra com 1.200 metros de extensão, com oito de largura. O Campeonato foi disputado nas categorias: VX 50CC, VX 65CC, VX 85 e 150CC , VX1, VX2, VX3, VX4, VX Nacional A, VX Nacional B, VX Penelope, VX 230, VX 2 Tempos, Força Livre Nacional, Força Livre Importada e a Local.

De acordo com o Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Luiz Carlos Monteiro, a etapa de Veloterra é mais uma oportunidade de proporcionar a população o conhecimento de uma nova modalidade esportiva. “Nossa cidade tem a marca de realizar grandes eventos, não só na estrutura técnica como também na parte física. Foi determinação do Prefeito que promovêssemos a democratização do esporte aqui na cidade e o resultado tem sido super positivo com sucesso de público”, afirmou.

O veloterra ainda é novidade para o público de Queimados (RJ)

O veloterra ainda é novidade para o público de Queimados (RJ)

O piloto de Angra dos Reis, Gustavo Vidal, que lidera o campeonato na categoria Nacional A, ressaltou a estrutura oferecida para os participantes da competição. “Disputo competições em vários lugares do Rio, Minas e São Paulo e nunca presenciei uma estrutura como essa. Estão todos de parabéns, pois além de termos tudo do bom e do melhor o que me deixa ainda mais feliz é ver isso aqui completamente lotado com direito até a show de rock”, comemorou.

O destaque de Queimados na competição ficou por conta do piloto Mauro da Silva, que foi campeão na categoria VX4, quinto na VX3 e sexto na VX Nacional e VX1. A filha de Mauro, Beatriz do Vale, também se destacou vencendo a categoria Nacional B, e ficando em segundo na VX Penelope. “Apesar de ter perdido a primeira corrida, por conta de uma retardatária que bateu em mim, estou muito feliz porque andei com homens e consegui chegar à frente. Gostaria de chamar as meninas para treinarem também e parabenizar o meu pai que é o responsável pelo sucesso da família”, lembrou Beatriz.

Léo Bassoto foi outro queimadense a fazer bonito conquistando o título na categoria VX 85 e 150CC, o que fez o atleta chegar ao segundo lugar geral do campeonato que terá até o final mais cinco etapas. “É muito bom ganhar com o apoio dos moradores da cidade. Eles me incentivaram do início ao fim e foram fundamentais para a minha vitória. Agora é continuar treinando forte para conquistar o título da Copa”, disse.

Vencedores por categoria:
VX Nacional A – Gustavo Vidal
VX 3 – Campeão: Beto Ranhol
VX1 – Beto Ranhol
VX2 – Matheus Venancio
230cc – Eliseu Gomes
Força Livre Importada – Matheus Venancio
VX 65cc – Yaman Felipe
VX 50 – Rafael Martins
VX 2 Tempos – Vagner Coutinho
VX 85cc e 150cc – Léo Bassoto
VX Penélope – Layla Ariosi
Nacional B – Beatriz do Vale
Força Livre Nacional – Elizeu Lima
VX4 – Mauro da Silva