Marco Brunheroto (ao centro) vencedor da prova mas desclassificado por irregularidade técnica

Racing Festival: Gutierrez vence, mas Pretel leva título da R1 GP1000

Marco Brunheroto (ao centro) vencedor da prova mas desclassificado por irregularidade técnica

Marco Brunheroto (ao centro) vencedor da prova mas desclassificado por irregularidade técnica

A última etapa da categoria R1 GP1000 disputada este final de semana (03 e 04) na cidade de Nova Santa Rita (RS), no Autódromo do Velopark, foi a prova do quão imprevisível são os resultados que uma competição pode ter até o último segundo dentro ou fora das pistas. Uma vitória perfeita e uma reviravolta no campeonato tornou inesquecível a despedida da temporada 2012 da R1 GP1000.

Com a adrenalina a flor da pele e a cabeça na matemática do campeonato, três pilotos se alinharam no grid em busca do primeiro título da categoria monomarca, disputada com motos Yamaha YZF-R1: Marco Brunheroto #777, líder com 100 pontos, Diego Pretel #88 com 94 e Wesley Gutierrez #47 com 88 pontos.

Com o melhor tempo durante todo o final de semana, a vitória de Gutierrez na prova já era previsível. Embora mais distante do líder, o paranaense também estava na disputa, mas precisava de uma dose extra de sorte para vencer o campeonato. Ciente de sua situação, preferiu fazer uma prova impecável, vencendo sem erros pela terceira vez consecutiva e tornando-se o piloto com mais vitórias na temporada.

Largando com a desvantagem de seis pontos para Brunheroto, Pretel levou o campeonato terminando a prova com a 2ª posição, somada a falta de sorte do adversário, que foi desclassificado após a última vistoria técnica da temporada. Brunheroto foi tido como campeão no término da corrida, terminando com o 4º lugar, já que podia chegar até duas posições atrás de Pretel e ainda assim saía campeão. Durante a vistoria técnica, o piloto foi desclassificado de acordo com o item 19.C do regulamento técnico, onde consta a obrigatoriedade do tubo de respiro ou exaustor do reservatório expansor, que estava ausente em sua motocicleta.

Na última prova da temporada Guga Folheto #28 voltou a subir ao pódio, depois de conquistar a 3ª classificação. O goiano Edson Morales #48 e Otávio Lucchini #82 também fizeram boas provas, terminando na 4ª e 5ª posições.

Resultado da última corrida da R1 GP1000:
1º Wesley Gutierrez, 24:40.186s
2º Diego Pretel, d 10.811s
3º Guga Folheto d 11.142s
4º Edson Morales d 15.524s
5º Otávio Lucchini d 39.238s
6º Cristiano Vieira d 53.596s
7º Vinícius Maia d 1 vlt.
8º Romes César d 1 vlt.
9º Adilson Cajuru d 1 vlt.
10º Maico Colussi d 1 vlt.
11º Ricardo Levu d 1 vlt.
12º Juracy Black d 5 vlt.
Marco Brunheroto #777 – Desclassificado

Confira como terminou o campeonato:
1º Diego Pretel, 116 pontos
2º Wesley Gutierrez, 113 pts.
3º Marco Brunheroto, 100 pts.
4º Guga Folheto, 88 pts.
5º Cristiano Vieira, 88 pts.
6º Vinícius Maia, 82 pts.
7º Adilson Cajuru, 80 pts.
8º Edson Morales, 75 pts.
9º Juracy Black, 74 pts.
10º Otávio Lucchini, 64 pts.
11º Ricardo Levy, 61 pts.
12º Maico Colussi, 51 pts.
13º João Simon, 25 pts.