Racing Festival termina com sucesso temporada 2010

Competição estreou no calendário brasileiro garantindo emoção aos fãs da modalidade e distribuindo R$ 120 mil para os pilotos neste ano
13/12/2010

Depois de estrear no calendário brasileiro, o Racing Festival chega ao fim da temporada 2010, conquistando seu objetivo inicial de revolucionar a motovelocidade no País. A 600 Hornet garantiu emoção aos amantes do esporte e grandes pegas entre pilotos ao longo das seis etapas da competição. Foram distribuídos prêmios em dinheiro aos participantes, que somaram R$ 120 mil.

Visando oferecer baixo custo e igualdade de performance aos competidores, a categoria monomarca foi criada. Com as vistorias técnicas realizadas aleatoriamente, o regulamento do campeonato cumpriu sua função de restringir alterações nas motocicletas Honda CB 600F Hornet, que pudessem influenciar no desempenho do equipamento.

Em todas as provas os pilotos que chegaram até a 15ª posição pontuaram na competição e receberam prêmios em dinheiro. O valor recebido em cada etapa pelos pilotos foi de R$ 20 mil. A organização do evento, em parceira com a Honda, também deu um presente extra ao campeão Maico Teixeira: um scooter Honda Lead 110.

O evento apadrinhado pelo piloto de Fórmula 1, Felipe Massa, também teve grande repercussão na mídia com matérias em jornais, revistas, internet e televisão. Programas especiais com os melhores momentos da competição foram transmitidos através da Rede TV! e da SporTv.

O Racing Festival também garantiu fácil acesso aos fãs da modalidade, com ingressos gratuitos e troca de entradas por alimentos e brinquedos. Todos os itens arrecadados foram doados a instituições carentes nos locais por onde passaram as corridas.

O público presente nas seis cidades em que esteve o campeonato – Rio de Janeiro (RJ), Londrina (PR), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Santa Cruz do Sul (RS) -, atingiu o número de 77 mil pessoas. Em 2011 a competição trará novidades como a inclusão de uma nova categoria para motos de baixa cilindrada e aumento do número de pilotos no grid da 600 Hornet.

Campeão da categoria motos, o gaúcho Maico Teixeira encerrou a temporada com 204 pontos. O paulista Danilo Lewis ficou com a segunda colocação, com 157 pontos. Logo atrás, o curitibano Cidalgo Chinasso finalizou o ano no terceiro lugar da classificação geral, com 145 pontos.

Confira a classificação da 600 Hornet:

1 – Maico Teixeira – Autolub Atacadista/Servitec/Shark/Puma/ /Alpinestar
2 – Danilo Lewis – Corneta Ferramentas/Blog do GiglioF1/Ferzza/Udiaco/Jon Racing
3 – Cidalgo Chinasso – Xrace Team Tva/Motosprint/Cabral Motor
4 – Fábio Peasson – Motopark/Progresso/Shark/Puma/TexxLaquilaMion
5 – Marco Brunheroto – Tc Acrílicos/Atlântica Água
6 – Diego Faustino – BR Petrobras/GP Lubrax/Arlen Ness/Shark/TCX/Afam/Rizoma/Ferodo/Puig
7 – Devanir Folheto – DMT Racing
8 – Pierre Chofard – BR Petrobras/GP Lubrax/Arlen Ness/Shark/TCX/Afam/Rizoma/Ferodo/Puig
9 – Rafael Paschoalin – True Travel/Moto Garage/Vianna Bar/Provision/Wings
10 – Ricieri Luvizotto – Alemão Pneus/OSSEL/D1-Pro/Top Rubber
11 – Luiz Cerciari – Mobil 1 Racing/Cerciari Racing SchoolRetroglass/4 Four
12 – Gian Calabrese – Brembo Racing/Perfect Motors/Dainese/Nuvo Capacetes/Rosso Cromo
13 – Alan dos Santos – Franco&Bachot/Tripp Jeans
14 – José Teixeira – J. Cachorrão
15 – William Pontes – Podium Motos/Danymotos/Seco Competições
16 – Mauro Thomassini – Motom/Shark
17 – Ruan Burdino – New Com/www.RLMOTOS.com.br
18 – Victor Moura – XRACE Team TVA/Motosprint
19 – Diego Pretel – Cromo Speedy Luna Aerografia Marushin Helmets Posto Zanforlin
20 – Ricardo Levy – Brembo
21 – Adelmo Koh – Autolub Atacadista/Servitec/Shark/Puma/Alpinestar
22 – Otávio Lucchini – BR PetrobrasGP LubraxArlen NessSharkTCXAfamRizomaFerodoPuig
23 – Robson Portaluppi – BR PetrobrasGP LubraxArlen NessSharkTCXAfamRizomaFerodoPuig
24 – Helder Shad – Moto LS
25 – Rodrigo Ramatis – XRACE Team TVA/Motosprint
26 – Adalberto de Oliveira – Adalberto Autos e Motos