Foto: Rafael Fonseca conquistou seu quarto título brasileiro na categoria SM1

Rafael Fonseca e Pierre Chofard; velozes campeões brasileiros

Foto: Rafael Fonseca conquistou seu quarto título brasileiro na categoria SM1

Foto: Rafael Fonseca conquistou seu quarto título brasileiro na categoria SM1

O fim de semana foi de muita velocidade no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília/DF. A Capital Federal recebeu as quatro últimas etapas do Campeonato Brasileiro de Supermoto e também a 4ª etapa do Brasileiro de Motovelocidade, com grande destaque para Rafael Fonseca (Lawanteam), que se sagrou tetracampeão brasileiro, e Pierre Chofard, campeão brasileiro antecipado na categoria Superbike da motovelocidade.

Rafael Fonseca simplesmente venceu todas as quatro baterias do fim de semana e conquistou seu quarto título nacional de maneira incontestável na categoria SM1, provando que é o melhor piloto da modalidade no Brasil. Kleber Justino foi o vice-campeão, e Ricardo Sato o terceiro na classificação final.

– Esse foi um ano realmente inesquecível e que entrou para a minha história. A Lawant Team mais uma vez me deu todas as condições para que eu pudesse desenvolver o meu trabalho e conquistasse mais esse título. Participei de uma das etapas do Campeonato Americano, representei o Brasil no Supermoto das Nações e ainda conquistou o tetracampeonato brasileiro. Sem dúvida o melhor ano da minha vida no esporte – garantiu Fonseca.

Na SM2, após uma tripla vitória, o título ficou com Juliano Meira, que também representou o Brasil no Nações. Adelmo Dias foi o vice-campeão e Lindomar Santos o terceiro. Gerson Incerti foi o campeão na categoria SM3, com Juscelino Oliveira em segundo e Emerson Menezes em terceiro. Juscelino Oliveira foi o campeão da SM3 Incentivo, com Bruno Campanati em segundo e Uanderson Menezes em terceiro. Fechando a categoria SM4 com uma vitória e dois segundos lugares, Ricardo Sato foi o campeão brasileiro, com Charles Marinho em segundo e Simão Lawant em terceiro.

Títulos também na Motovelocidade

– Foi um fim de semana em que tivemos vários contratempos, como a chuva, e alguns “concorrentes”, com a prova do Enem e a Fórmula-1 no Brasil, mas mesmo assim a prova foi muito boa e tivemos cerca de 3 mil pessoas no autódromo. Foi um fim de semana muito bom para os pilotos e os amantes da velocidade no Distrito Federal – ressaltou Carlos Senise, presidente da Federação de Motociclismo deo Distrito Federal.

Brasília não viu apenas campeões na Supermoto. Ainda com uma prova para ser realizada, no dia 5 de dezembro em Goiânia, três categorias da Motovelocidade já têm seus campeões antecipados. Pierre Chofard venceu as duas baterias da categoria Superbike, a principal da motovelocidade brasileira, e garantiu seu primeiro título da modalidade.

Quem também já comemorou o título antecipado, foi Fabiano Vaz. O piloto não precisou nem sequer vencer as provas da categoria 125cc para sagrar-se campeão. Luiz Paulo Coelho e Patrick Matos foram os vencedores em Brasília. Na 250cc, Marciano Santin conquistou sua quarta vitória em cinco provas e faturou o título antecipado. As brigas prometem ser acirradas ainda nas categorias 600cc Sport, que tem a liderança de Thales Monteiro, e Superbike Light, na qual Giovani Mocelin é o primeiro colocado.