Rajada de vento, Padronização, Informação errada,

Rajada de vento, Padronização, Informação errada,

Rajada de vento, Padronização, Informação errada,

Olá Bitenca! Depois de brunir a canela esquerda da minha Tornado e trocar os dois tubos internos, a suspensão ficou ok. Porém, quando estou a 100km/h (ou mais) e com vento forte contra, a moto balança demais a dianteira dependendo da rajada (nunca tinha me atentado a isto, não sei se é normal). O mesmo ocorre às vezes quando estou nesta velocidade e passo por alguma irregularidade na pista. Notei esses dias que o tubo direito está um pouco mais acima que o esquerdo (olhando por cima da mesa, na ponta do tubo). Talvez 1mm, ou um pouco menos. Será que isto é que está causando esse balanço na dianteira? Ou não há problema nesse pequeno “desnível” e o balanço é normal? Agradeço muito novamente. Um abraço, Rudá, 20, Florianópolis, SC

R: Rudá, não pode ser nada que lhe dificulte a condução. Motos mais leves são sujeitas a em vento contra sofrer uns balanços sim, também as faixas pintadas no asfalto podem fazer balançar um pouco. Essa diferença na montagem dos tubos das bengalas não acarreta problema nenhum, está dentro das tolerâncias normais. As condições e qualidade dos pneus faz diferença, assim como o acerto da suspensão, que não deve ser mais o seu problema. Abraços,

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Ah, que bom então! Já estava desanimando que mais uma vez teriam feito serviço de porco comigo. Os pneus são Mitas novinhos, então com certeza não há problemas com eles. Acredito que seja normal mesmo, e eu que depois de todos os problemas fiquei mais atento e associei direto à algum problema sério. Agradeço muito mais uma vez! Grande abraço, Rudá.

Caros mestres das motos do melhor site da web. Os comandos nas motos (posição de embreagem, acelerador, troca de marcha, etc) são os mesmos no mundo inteiro? tem alguma moto que não siga o padrão que conhecemos no Brasil? qual? essa alteração é particularidade da moto ou obrigação do pais em questão? abcs Paulo, 26, São Bernardo do Campo, SP

R: Paulo, até os anos 70 muitas marcas usavam o padrão inglês, que era com o câmbio e freio invertidos em relação ao que estamos acostumados. Freio no pé esquerdo e troca de marcha no direito. Ao longo dos anos, progressivamente a indústria assumiu o padrão que hoje se usa no mundo todo, como aqui no Brasil. Alguns modelos tinham até os pedais intercambiáveis, como a Suzuki T500 dois tempos, que chegou a ser vendida aqui. Outras marcas colocavam pedal de partida na esquerda, mesmo quando o câmbio já se acionava por esse lado, como hoje. As marcas Japonesas é que serviram para difundir o padrão que hoje é utilizado no mundo todo. Acelerador, freio dianteiro e embreagem seguiu sempre o modelo atual, com raras exceções como as antigas Indian e Harleys que tinham embreagem no pé. Acredite, são apelidadas de suicidas, imagine como era ter que parar numa situação de pouco equilíbrio, tendo que escolher entre apoiar o pé no chão para não cair ou deixar cair mas acionar a embreagem para parar, de qualquer jeito o acidente era feio. Abraços,

Bom dia, acompanho o site a alguns anos, sendo este uma leitura obrigatória para minhas consultas motociclisticas. Pois bem, o dilema é o seguinte: Frequento o forum suzukionline, onde o assunto é moto, claro. Recetemente o tema regulagem da suspensão dianteira da Bandit está bastante comentado no forum, sendo que alguns defedem que a regulagem (endurecer ou amolecer a pré-carga) se faz da forma contida no manual da motocicleta, e outros afirmam contundentemente (até demais) que o manual está errado, descrevendo o procedimento contrário como correto. Eu sou adepto da turma que acredita no manual, pois lá está indicado que para se aumentar a pré-carga deve-se girar o regulador no sentido horário, desta forma o regulador se aprofunda e endurece a suspensão dianteira. Acontece que o assunto já está em pé de briga no forum, até com palavrões, e gostaria de uma opinião de quem é especialista no assunto, já que a interpretação de um mesmo assunto e até de algumas fotos postadas são totalmente contrárias. Agradeço desde já e parabéns pelo site que acompanho desde a época do Tite. Abraço. Marcelo, 36, Cuiabá MT

R: Marcelo, Para uma condução mais esportiva ou com mais controle nas curvas e ondulações do asfalto procura-se aumentar um pouco a pré carga da mola dianteira, mas essa regulagem deve ser feita em conjunto com o sistema hidráulico. Deve-se fechar um pouco a passagem de óleo para o retorno da suspensão. Fechar a passagem na pressão ao movimento de compressão pode fazer o mesmo efeito que o aumento da carga da mola, sem que o retorno seja rápido demais. Da outra forma, há que se fechar o retorno ao aumentar a carga da mola para evitar o efeito pula-pula. Em todo caso, você está certo, o parafuso de regulagem da mola na posição mais para cima é a mais macia, quanto mais aprofundada maior é a pressão sobre a mola, como qualquer parafuso. Abraços.