Foto: Mariana Veiga iniciou carreira entre os quadriciclos, no Rally Barretos de 2007

Rally Barretos terá categoria feminina para Motos

Foto: Mariana Veiga iniciou carreira entre os quadriciclos, no Rally Barretos de 2007

Foto: Mariana Veiga iniciou carreira entre os quadriciclos, no Rally Barretos de 2007

A diretoria de rali da CBM anunciou as categorias que integrarão os Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Brasileiro de Rally Baja

A Pró Esporte Brasil, empresa promotora do Rally Barretos, está com o “motor a mil por hora” na organização da 5ª edição do evento, que acontece nos dias 25 a 27 de março, na cidade de Barretos, SP.

Essa semana, a CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo -, oficializou as categorias que farão parte da temporada 2011 de rali, sendo: SPR – Super Production (preparação livre); PDA – Production Aberta (até 690 cc); PD2 – Production 250 (até 250 cc 4T e 200cc 2T, válida somente para Baja); MAR – Marathon (até 450 cc, para pilotos “estreantes” – ver regulamento); OV4 – Over 40 (livre, para pilotos com idade igual ou acima de 40 anos completos até 2010); FEM – Feminina (livre); QDA – Quadriciclos Aberta – motorização e tração livre); QD4 – Quadriciclos 450 (até 450 cc, tração livre); e UTV – Quadris Utility Terrain Vehicle – categoria experimental (válida somente para Baja). A diretoria de rali da CBM informou que, nos próximos dias, publicará o regulamento completo e atualizado.

Dentre as nove categorias, destaque para a estreia das mulheres em categoria própria. É pouco comum ver mulheres praticando o esporte, mas há quem brilhe por essas trilhas. “Nestes 24 anos que corro de moto, nunca houve uma categoria feminina, e sempre disputei de igual para igual com os homens. Torço para que dê certo, pois será bem interessante competir com pessoas que tem as condições físicas mais parecidas com a minha. Acredito que será uma -briga- mais justa”, opinou a piloto paulista Moara Sacilotti, que se sagrou campeã brasileira em 2000, e vicecampeã em 2005, na categoria Marathon. Hoje, a motociclista corre com uma Yamaha WRF 450.

A carioca Mariana Veiga é outro exemplo. Ela acelerou pela primeira vez no Rally Barretos, em 2007, a bordo de um quadriciclo Can-Am DS 450, e desde então, não parou mais. Entretanto, em 2011, ela viverá a primeira experiência de moto, em uma Honda CRF 250r. “Competir com os homens é uma delícia, principalmente, quando -passamos por cima deles-, brincou Mariana, que completou. “Mas precisamos sim de uma categoria exclusiva para nós; o que também ajudará a divulgar mais o esporte”. Para encarar as provas que participa, a piloto treina bastante, faz musculação e muay thai.

Quem também já está em contato com a Pró Esporte e pode vir a encorpar o grid do 5º Rally Barretos, é a mineira Sabrina Katana. Vinda do enduro de regularidade, onde tem conquistado ótimos resultados, a piloto tem talento e arrojo suficiente para encarar os desafios do rali com muita competência.

As inscrições para o 5º Rally Barretos estão abertas, e podem ser feitas pelo site www.proesportebrasil.com.br.