Rally da Amazonia

Rally da Amazonia

Rally da Amazonia

A organização do Rally da Amazônia confirmou na manhã desta sexta-feira (6) que duas aeronaves estarão operando durante as Especiais (Trechos Cronometrados) das três etapas programadas para a 8ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

De acordo com o piloto João Tagino, organizador do evento, um helicóptero, com médicos a bordo vai sobrevoar os trechos de velocidade para um possível resgate em caso de acidentes dos participantes. Uma outra aeronave, modelo monomotor também ficará sobrevoando a região para retransmissão de rádio da organização da prova.

“Com estes aviões, a maior preocupação nossa, que é a segurança dos participantes está garantida” diz João. O apoio aéreo que vai garantir a integridade física dos pilotos é do governador Ivo Cassol.

SAIBA MAIS – O Rally da Amazônia será disputado nos próximos dias 12, 13, 14 a 15, com a presença dos melhores pilotos brasileiros da modalidade para o Rally da Amazônia.

A prova terá três dias de duração com 1240 km de extensão e será disputada entre motos e quadriciclos, passando por Candeias do Jamari, Alto Paraíso, distritos de Triunfo e Rio Pardo.
O parque fechado da prova será no Porto Velho Shopping, com largadas diárias para as três etapas previstas.

A primeira será disputada na região de União Bandeirantes (cerca de 464,60 km), a segunda, na Flona Bom Futuro (cerca de 416,25 km) e a terceira na região de Candeias do Jamari (cerca de 260,30 km).

Grandes nomes do motociclismo nacional já confirmaram presença, entre eles Juca Bala, Dionísio Nascimento, Cristiano Batista, Ramon Sacilotti, Moara Sacilotti, além de pilotos de renome na região Norte.

O Rally da Amazônia conta com o apoio do Governo de Rondônia, Deputado Estadual Valdivino Tucura, Supermercado Goncalves, Toyota – Nissey Motors, Quali Plásticos, Saga Veículos, Rondobras, Água Mineral Kaiari, Mobil, Expresso Araçatuba, Equador Petróleo, Mastter Moto/Honda, WebVenture e Rondoniaovivo.com.