Dakar_Destaque_08_01

Rally Dakar: Jean Azevedo enfrenta pior etapa da prova

Considerada a etapa mais difícil do Rally Dakar 2013 até o momento, o dia de hoje (08/01) trouxe aos competidores ainda mais desafios. “Tivemos que ultrapassar uma cadeia de dunas, em seguida trechos de pedra, depois pistas a beira da praia e no final bastante fesh fesh, atrapalhando muito a visão”, contou o brasileiro Jean Azevedo, piloto de moto da Equipe Avante. Fesh fesh é o nome dado a um tipo de areia muito fina, como talco.

Até agora a paisagem não mudou no Dakar 2013, só areia e dunas

Até agora a paisagem não mudou no Dakar 2013, só areia e dunas

Além dos variados terrenos ao longo de 429 quilômetros de especiais (trechos contra o relógio), a largada da etapa de hoje também dificultou a vida dos pilotos de moto. “Largamos de dois em dois a cada 30 segundos. Então na parte da areia fina era quase impossível enxergar já que estávamos tão perto uns dos outros”, acrescentou Jean, que possui uma vasta experiência em Dakar, acumulando 15 participações. No resultado de hoje, o brasileiro terminou na 40ª posição. Na classificação geral acumulada ele conseguiu subir mais lugares, destacando-se na 32ª colocação.

Após a etapa desta terça-feira, a liderança geral acumulada continua com um francês, com a substituição de Cyril Després pelo piloto Oliver Pain. Novamente, o espanhol Joan Barreda Bort foi o mais rápido do dia.

O Rally Dakar 2013, maior competição do gênero no mundo, teve início no último sábado (5), percorrerá ainda mais dois países – Argentina e Chile – até concluir seu trajeto de mais de oito mil quilômetros no dia 20 de janeiro.

Resultados acumulados das motos após a quarta etapa, até à 10ª colocação:

Jean Azevedo figura na 32ª posição.

Confira como será a etapa de amanhã, quarta-feira, 09 de janeiro
Etapa 5: Arequipa – Arica (Peru – Chile)
Deslocamento: 275km
Especial: 136km