Dakar_destaque_05_01

Rally Dakar: resumo da primeira etapa

 

Jean Azevedo adota cautela no primeiro dia da prova
Dunas traiçoeiras fizeram o piloto optar por uma condução mais segura

Foram 449 os veículos que largaram hoje na primeira etapa do Rally Dakar 2013, no Peru. Nesta caravana que irá até o dia 20 de janeiro, sendo 183 motos, 38 quadriciclos, 153 carros e 75 caminhões. Entre as motos, o brasileiro Jean Azevedo, da Equipe Avante, completou o trajeto entre Lima e Pisco, percorrendo os 13 quilômetros do dia em apenas 09min09s.

Jean Azevedo

Jean Azevedo

“Hoje a especial era bem curta, mas um pouco perigosa. É daquelas que você não ganha o rally, mas pode perder tudo se vacilar”, contou o brasileiro. Segundo ele, a pista intercalava retas e dunas, sendo que algumas são as conhecidas como cassé, quando há uma subida que em seguida termina abruptamente. “Achei melhor não arriscar, afinal a etapa de amanhã será de areia, mas sem poeira. Ou seja, a ordem de largada não interferirá na visibilidade da pista”, acrescentou o piloto que compete com uma motocicleta KTM 450. No total do dia, os competidores percorreram 263 quilômetros, sendo 250 de deslocamento e os 13 restantes de trechos contra o relógio.

“A organização já nos informou que o rali terá um duro início sendo que a dureza começa a partir da segunda etapa. A primeira semana será bem mais complicada em relação à segunda semana, mas que também isso não quer dizer que a segunda será fácil. Na sexta-feira, na etapa entre Calama (Chile) e Salta, na Argentina, teremos a Maratona, ou seja, sem ajuda da assistência mecânica externa ao final do dia”, explicou Jean, que está participando do Rally Dakar pela 15ª vez. No domingo os competidores já realizarão uma especial mais longa, de 242km, na cidade peruana de Pisco.

Jean Azevedo é o competidor brasileiro com resultados mais expressivos do Dakar, acumulando três títulos em categorias. São eles: campeão da cat Production em 1997, bicampeão da cat Production em 2003 e campeão cat Super Production no ano de 2011. Também é o brasileiro com as melhores posições na classificação geral da competição: em 2003 ficou em 5º, no ano de 2005 e 2011 conquistou a 7ª colocação entre todas as motocicletas, além de ser o único brasileiro até hoje a vencer etapa na classificação geral das motos.

O piloto Jean Azevedo conta com o patrocínio da CCR Nova Dutra , Prefeitura de São José dos Campos, Fazenda Real, Avante.com.vc e apoio da Pirelli, Bieffe Capacetes, Mitsubishi e Inmarsat.

BrasilDakar (Ana Vieira) – Fotos de divulgação

* * * * *

Resultados das motos na primeira etapa, até à 10ª colocação:


Jean Azevedo aparece somente na 48ª posição

Fonte: organização do Rally Dakar

* * * * *

Confira como será segunda etapa:

06 de janeiro, domingo
Etapa 2: Pisco – Pisco (Peru)
Deslocamento: 85km
Especial: 242km

* * * * *

Equipe Can-Am América do Sul inicia disputa do Rally Dakar
Após prólogo de 13 quilômetros em Pisco, Peru, quadriciclos e UTVs aceleram na segunda etapa da competição neste domingo

Brasileiro Reinaldo Varela na largada do Rally Dakar 2013

Brasileiro Reinaldo Varela na largada do Rally Dakar 2013

Após 250 quilômetros de deslocamentos, a equipe Can-Am América do Sul abriu a disputa com o prólogo de 13 km em Pisco. Os arredores da cidade serão palco neste domingo da segunda etapa da competição, a qual terá 327 km de percurso – sendo 242 de trechos cronometrados.

Entre os 38 quadriciclos que estão na prova, o chileno Sebastián Palma conduziu o Can-Am Renegade 800 Xxc ao nono lugar ao cumprir o trajeto de abertura em 10min11, de acordo com os resultados extra-oficiais. “Foi uma etapa curta, mas que exigiu concentração. Não havia muito para ganhar, apenas para perder, por isso procurei andar com calma. Foi um bom começo para mim”, comentou o piloto. Barry Cruces, também do Chile, foi o 11º na geral (10min20) e o argentino Cláudio Clavigliasso, o 15º (10min35seg).

A equipe Can-Am acelerou ainda a bordo dos UTVs Can-Am Commander 1000, que competem ao lado dos carros. Entre 151 veículos, Pablo Donoso e o navegador Juan Pablo Cerda, do Chile, conquistaram a 91ª posição (11min20). O brasileiro bicampeão mundial da T2 Reinaldo Varela confirmou o 105º lugar, competindo sem a ajuda de navegador (12min).

* * * * *

Algumas imagens do dia