Ramon Sacilotti segue firme na vice-liderança do Sertões 2016 - foto: Marcelo Maragni

Rally dos Sertões 2016: só faltam duas etapas

Sertoes_Cabeca_01

A primeira perna da etapa maratona do Rally dos Sertões 2016 foi realizada nesta quinta-feira, de Luís Eduardo Magalhães (BA) a Mateiros (TO). Os três primeiros na categoria motos foram: Jean Azevedo (Honda) em primeiro com 5h21min02, Ramon Sacilotti (Kawasaki) em segundo com 5h24min24 e Gregorio Caselani (Honda) em terceiro com 5h24min27. Caselani mesmo sendo  terceiro se manteve na liderança da competição e ainda assegurou o título de campeão brasileiro de rali cross country.

sertoes2016_caselani_08_09

Gregório Caselani lidera com 19 minutos de vantagem para Ramon Sacilotti – divulgação

Gregório Caselani: “Foi a etapa mais longa até agora, com 425 quilômetros de especial (trecho cronometrado) de média e alta velocidade, com areia e cascalho. Foi uma prova tranquila, sem nenhuma intercorrência. O importante é que a minha moto chegou em perfeitas condições e está pronta para largar amanhã. Mantive a diferença na classificação e amanhã vamos para a segunda perna da maratona”, disse Gregorio Caselani, que com os pontos desta etapa conquistou o título de campeão brasileiro de rali cross country. O líder do Rally dos Sertões terminou o dia apenas três segundos atrás de Ramon Sacilotti, que está em segundo na classificação, mantendo a diferença em pouco mais de 19 minutos.

Ramon Sacilotti segue firme na vice-liderança das motos. Ele foi o segundo mais rápido da quinta etapa e levou a motocicleta e os pneus ainda em ótimas condições para o parque fechado. “A especial do dia foi muito divertida, com trechos arenosos e sinuosos. Consegui imprimir um ritmo forte onde dava para acelerar. Nos trechos de grandes retas, poupei os equipamentos para a segunda parte da maratona”, contou o paulista.

Ramon Sacilotti segue firme na vice-liderança do Sertões 2016 - foto: Marcelo Maragni

Ramon Sacilotti segue firme na vice-liderança do Sertões 2016 – foto: Marcelo Maragni

Com cinco dias de disputa, os líderes da competição são Gregorio Caselani (Motos), Diogo Zonato (Quadriciclos) e a dupla Deninho Casarini e Luiz Eckel, nos UTVs. O dia foi marcado pelo abandono de José Neto, nas motos, que não largou por causa de pane elétrica. Marcelo Medeiros, campeão de 2015, também não concluiu a etapa por problemas no quadriciclo.

Moara Sacilotti: em 17 participações no Rally dos Sertões, a piloto comemorou pela primeira vez o seu aniversário no maior evento off-road do país. “Passei o dia fazendo o que mais gosto, na trilha e comendo muita poeira”, divertiu-se Moara. Ela completou 37 anos de idade nesta quinta-feira (8), quando foi realizada a quinta etapa do Sertóes.

Moara Sacilotti comemorou seu 38º aniversário nas trilhas do sertão

Moara Sacilotti comemorou seu 38º aniversário nas trilhas do sertão baiano/tocantinense – foto: Marcelo Machado

Como foi a quinta  etapa – 8/9

Luís Eduardo Magalhães (BA) – Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 00 km
Total do dia: 461,14 km

Descrição da etapa: A etapa maratona começou em Luís Eduardo Magalhães, na qual somente pilotos e navegadores podem fazer a manutenção de seus veículos. Depois de realizado o deslocamento inicial, a especial teve início na Cachoeira do Acaba Vidas, na BA-458, com estradas bem sinuosas, muitas lombas e depressões. A prova prosseguiu por um longo trecho sinuoso e estreito, com estradas de piçarra e trechos com areia, o que exigiram muita navegação. Com três quartos da prova o ritmo aumentou novamente. Foram longas retas de alta velocidade. Seguindo assim até o trecho final, com muita areia na trilha, característica do Jalapão.

Resultados da quinta etapa

Motos
1º Jean Azevedo 5h21min02
2º Ramon Sacilotti 5h24min24
3º Gregorio Caselani 5h24min27
4º Tunico Maciel 5h25min57
5º Rami Sfredo 5h26min37

Quadriciclos
1º André Suguita 6h12min36
2º Diogo Zonato 6h26min06
3º Edgley Sobrinho 7h03min01
4º Geison Belmont 7h05min08
5º Javier Diego 7h15min38

UTVs
1º Denisio Casarini / Luis Eckel 5h51min25
2º Gabriel Varela / Gabriel Morales 5h54min00
3º Denisio Nascimento / Emilio Rockenbach 5h56min05
4º Leandro Torres / Lourival Roldan 5h56min59
5º Enrico Almeida / Alvaro Almeida 5h58min02

Jean Azevedo venceu a 5ª etapa mas não tem chances de título por não ter concluído a 3ª etapa - foto: Victor Eleutério

Jean Azevedo venceu a 5ª etapa mas não tem chances de título por não ter concluído a 3ª etapa – foto: Victor Eleutério

Resultados acumulados

Motos
1º Gregorio Caselani 20h34min02
2º Ramon Sacilotti 20h53min52
3º José Hélio 21h16min19
4º Eduardo Shiga 21h37min38
5º Richard Fliter 22h12min22

Quadriciclos
1º Diogo Zonato 24h14min55
2º André Suguita 25h46min06
3º Marcelo Medeiros 25h01min36
4º Edgley Sobrinho 28h16min41
5º Bruno Beraldi 29h20min38

UTVs
1º Deninho Casarini / Luiz Eckel 23h12min01
2º Bruno Sperancini / Breno Resende 23h17min45
3º Gabriel Varela / Gabriel Morales 23h35min34
4º Enrico Almeida / Alvaro Almeida 23h57min36
5º Leandro Torres / Lourival Roldan 24h11min37

sertoes2016_marcas_08_09

Rally dos Sertões 2016 -roteiro completo

Rally dos Sertões 2016 -roteiro completo

Como será a sexta etapa do Sertões 2016 – 9/9

9/9 – Etapa 6 – Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 00 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

Descrição da etapa:  Nesta sexta-feira acontece a segunda perna da etapa maratona, penúltima da prova, uma das mais técnicas e difíceis da história da competição.  A especial começa travada, em estradas sinuosas e com piso arenoso, e segue por trechos de savanas, onde a navegação será primordial. A prova continua por estradas de piçarra e trechos arenosos, já no deserto do Jalapão. Depois do areião, há um trecho de trial e, no último quarto de prova, estradas menores de fazendas até o final. E para complicar ainda mais a vida dos pilotos, eles não contarão com a ajuda dos mecânicos para preparar suas máquina antes da largada – somente os competidores podem fazer reparos.

Confira como foram as etapas anteriores:

Quarta etapa
Terceira etapa
Segunda etapa
Primeira etapa

Separador_motos

Fontes: VipComm e Imprensa Yamaha



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.