Nielsen Bueno (esquerda) com os amigos Zanol (centro) e Dário Júlio (direita) no pódio do Rally dos Sertões

Rally dos Sertões – As trapalhadas de um novato campeão

Nelsen Bueno, campeão da categoria Production Aberta e 3º colocado na classificação geral - Foto: David Santos Jr/Fotoarena

Nelsen Bueno, campeão da categoria Production Aberta e 3º colocado na classificação geral - Foto: David Santos Jr/Fotoarena

Quem implica mais com o amigo é Dário: “se eu for contar todas as trapalhadas do Nielsem, vai levar um dia inteiro”. Apenas na segunda-feira (27), já haviam três histórias.

“Seis horas da manhã estávamos na largada e ele caiu no asfalto, depois se perdeu dentro de Petrolina e sumiu na cidade. No deslocamento ainda foi parado pela Polícia Rodoviária Federal e quase foi preso”, conta Dário.

Segundo Zanol, para cada imprevisto, Nielsem sempre tem uma resposta na ponta da língua. Assim, a reportagem foi conferir a versão do piloto, que se justificou: “eu cai na largada, mas foi uma bobeira. Tentei empinar a moto e ela tombou de lado. Quando me perdi na cidade, foram umas coisas pequenas que aconteceram”, justificou.

“Com a polícia, realmente fomos parados na rodovia, mas acho que talvez os policiais não foram avisados que a corrida passaria por ali”, explicou Nielsem. O piloto ainda acrescentou um detalhe que os companheiros omitiram: “uma viatura me cortou e pediu para encostar. Desceu um policial e outro foi atrás do Zanol e Dário. Eles pediram documento, habilitação, reclamaram da falta de espelho, mas conversamos e acabaram liberando todos nós”.

 

Nielsen Bueno, protagonista de histórias engraçadas no Sertões - Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena

Nielsen Bueno, protagonista de histórias engraçadas no Sertões - Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena

Fora as brincadeiras, Nielsem, que acaba de estrear no Rally dos Sertões, é muito querido pelos colegas. “Ele é uma boa companhia, excelente pessoa. Nós estamos sempre nas corridas de enduro disputando a frente”, conta Zanol.

Com 36 anos, Bueno compete no MotoCross e no Enduro há 15. Em 2012, entrou para a equipe de Dimas Mattos e mesmo sendo seu primeiro rali, garantiu a vitória na categoria Production Aberta, além de ficar em terceiro na geral.

Nielsen Bueno (esquerda) com os amigos Zanol (centro) e Dário Júlio (direita) no pódio do Rally dos Sertões - Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena

Nielsen Bueno (esquerda) com os amigos Zanol (centro) e Dário Júlio (direita) no pódio do Rally dos Sertões - Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena

“Acho que foi um aprendizado gigante, passar por muitas comunidades carentes, conhecer muitas pessoas diferentes”, contou o novato campeão. “Estou em uma equipe super bacana, fui bem acolhido pelo Zanol, Dario e o Dimas, que são pilotos com muita experiência e tiveram muita paciência comigo nesses dias, me passaram muito aprendizado”, completou.

Como disse Zanol, “é a primeira participação do Nielsem no rali. Foi bem pra caramba, vamos torcer para ele voltar e fazer mais arte, para rirmos um bocado”.