Paulo Gonçalves corre em defesa do título do Rally dos Sertões e vence a 2ª etapa

Rally dos Sertões: campeão de 2013 vence a segunda etapa

Paulo Gonçalves corre em defesa do título do Rally dos Sertões e vence a 2ª etapa

Paulo Gonçalves corre em defesa do título do Rally dos Sertões e vence a 2ª etapa

Campeão mundial de Rally Cross Country e do Rally dos Sertões 2013, o português Paulo Gonçalves da Team HRC (Honda Racing Corporation) mostrou nesta segunda-feira (25) que veio para a edição deste ano com objetivo de buscar o bicampeonato da principal competição off-road do Brasil. O piloto venceu nas motos a segunda etapa, com 67 quilômetros de trechos cronometrados, de Caldas Novas (GO) a Catalão (GO), em 45min37s. Em segundo chegou , com um minuto atrás o brasileiro Jean Azevedo da da Equipe Honda Mobil, seguido de Marc Coma Jordi Viladoms, e Rubem Faria, todos da KTM Red Bull Factory Team, nas terceira, quarta e quinta colocações, respectivamente. Confira entrevista com Paulo Gonçalves:  clique aqui .

Em busca do hexacampeonato, o brasileiro Jean Azevedo, da Equipe Honda Mobil, terminou na segunda colocação, com 46min39s. O trajeto inicial teria 260,36 quilômetros total, sendo 202,23 de trechos cronometrados. Porém, por questões de segurança, o percurso precisou ser encurtado pela organização. “A especial de hoje foi bem rápida em alguns trechos e mais travada em outros. Passamos por algumas estradas que pareciam estar abandonadas, com pouco movimento. Também enfrentamos bastante poeira. As características desses primeiros dias estão bem parecidas. Largamos do quilômetro 172 da planilha e terminamos no 239, totalizando 67 quilômetros cronometrados”, explica Jean. Ike Klaumann, da Klaumann Team, Júlio “Bissinho” Zavatti, da Equipe Honda Mobil, e Guto Klaumann, também da Klaumann Team, finalizaram a etapa em sétimo, nono e 16º, respectivamente.

“O dia hoje foi fantástico para mim porque enfrentamos o tipo de etapa que mais gosto. Era bastante técnico e nem tão veloz. Estou bastante feliz porque não tem nada melhor do que chegar nos boxes, depois da prova, e receber os parabéns do chefe de equipe, o Dário Júlio. Ao contrário da etapa de ontem (domingo), quando quebraram os cabos do meu equipamento de navegação, hoje foi 100%”, destaca o paulista Bissinho.

Além das motos, o Rally dos Sertões tem mais quatro categorias (quadriciclos, carros, caminhões e UTVs – uma espécie de buggy). Ao todo, a prova é composta por 2.609 quilômetros, sendo 1.573 cronometrados. Sete cidades de Goiás e Minas Gerais recebem a caravana da competição, que termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte.

Como foi a 2ª etapa – 25/8
Percurso: Caldas Novas (GO) a Catalão (GO)
Deslocamento Inicial: 39,54 km
Trecho Cronometrado: 67 km
Deslocamento Final: 153,82 km
Total: 260,36 km

Agora o rali começou para valer. Após um deslocamento rápido, o início da especial teve estradas mais travadas de fazendas e trechos de velocidade média, variando com algumas trilhas de belo visual. A prova seguiu em uma região de canaviais e plantações de eucaliptos, onde a velocidade aumentou muito. Após uma zona de radar (travessia de cidade e abastecimento), a etapa permaneceu travada em estradas menores, com muita navegação até o final.

Resultados 2ª etapa – categoria motos
1º Paulo Gonçalves (POR) #1 – 45min37s
2º Jean Azevedo (BRA) #5 – 46min39s
3º Marc Coma (ESP) #2 – 46min58s
4º Jordi Viladoms (ESP) #3 – 48min07s
5º Ruben Faria (POR) #12 – 48min16s

Resultados Acumulados – categoria motos
1º Marc Coma (ESP) #2 – 2h42min27s
2º Paulo Gonçalves (POR) #1 +39s
3º Jean Azevedo (BRA) #5 +2min16s
4º Helder Rodrigues (POR) #4 +2min52s
5º Jordi Viladoms (ESP) #3 +3min41s

Como será a 3ª etapa – 26/08
Percurso: Catalão (GO) a Paracatu (MG)
Deslocamento Inicial: 22,20 km
Trecho Cronometrado: 209,86 km
Deslocamento Final: 128,39 km
Total: 360,45 km

Após um pequeno deslocamento inicial, a especial começa com piso bom e com velocidades variadas de média e alta, alternando trechos de piçarra com estradas de cascalhos. É uma especial dura e técnica. Serão três zonas de radar nesta etapa. A especial fica travada e sinuosa com estradas de fazenda e trilhas. O último terço da especial será em uma plantação de eucaliptos com muitas curvas e que exigirá muita navegação. O deslocamento final terá 80 km de terra em estrada boa.

Roteiro do Rally dos Sertões 2014

Roteiro do Rally dos Sertões 2014

Saiba mais detalhes do Rally dos Sertões 2014:  clique aqui