Rally dos Sertões terá expedição de helicópteros

Sobrevoar a Ilha do Bananal e tribos ind¡genas, conhecer as belezas do deserto do JalapÆo e da Chapada dos Veadeiros e ainda assistir a passagem dos melhores pilotos de rali do pa¡s.

Essa ser  a programa‡Æo da Expedi‡Æo Brasil do Rally Internacional dos Sertäes, uma viagem a bordo de helic¢pteros que sobrevoarÆo as regiäes mais bonitas do cerrado durante a maior competi‡Æo off road da Am‚rica Latina.

“N¢s estamos pensando no dono de helic¢ptero que s¢ usa o aparelho para ir de casa para o trabalho e vice-versa, mas dificilmente no lazer. No m ximo vai para a casa de praia no final de semana. Ele e a fam¡lia poderÆo fazer um passeio diferente, conhecer uma regiÆo bastante interessante”, diz o empres rio Marcos Erm¡rio de Moraes, presidente da Dunas Race, empresa organizadora do Rally dos Sertäes.

Durante os sete dias da Expedi‡Æo Brasil, que sair  de Goiƒnia dia 1o de julho e terminando dia 7 em Caldas Novas, em Goi s (o Sertäes acaba dia 10 em Fortaleza), os participantes poderÆo sobrevoar e visitar v rios pontos tur¡sticos do centro-oeste do pa¡s. “Ser  uma oportunidade para filmar, fotografar, pescar e tomar banhos de cachoeiras numa regiÆo ainda pouco explorada. Vai ser um passeio sofisticado, por ser feito a bordo de helic¢pteros, mas ao mesmo tempo simples, de extremo contato com a natureza”, afirmou SebastiÆo Abreu, da empresa Moreto Helic¢pteros, respons vel pela Expedi‡Æo Brasil.

A id‚ia de organizar a Expedi‡Æo Brasil nasceu da parceria entre a Moreto e a Dunas Race. “Eu trabalhei pilotando um dos helic¢pteros de filmagem do Sertäes nos dois £ltimos anos e cheguei … conclusÆo de que seria interessante dividir esta emo‡Æo com mais pessoas, principalmente de outras regiäes do pa¡s”, acredita Abreu. Simone Palladino, diretora-executiva da Dunas Race, diz que a Expedi‡Æo Brasil est  apenas come‡ando, da mesma maneira que a categoria carros h  mais de uma d‚cada. “Estamos fazendo uma experiˆncia para, quem sabe, num futuro pr¢ximo, criarmos uma categoria a‚rea no Rally dos Sertäes”, disse Palladino.

Segundo SebastiÆo Abreu, os v“os de helic¢pteros da Expedi‡Æo Brasil serÆo realizados nas mais r¡gidas condi‡äes de seguran‡a. Para passar as informa‡äes aos participantes, a organiza‡Æo far  um briefing antes da viagem, em Goiƒnia. Al‚m disso, a organiza‡Æo ir  disponibilizar uma equipe de manuten‡Æo e organizar  uma s‚rie de passeios e atividades nos locais por onde a expedi‡Æo parar.