Logo_Sertoes_300x225

Rally dos Sertões volta a valer pelo Mundial

O Rally dos Sertões está de volta ao Campeonato Mundial de Rally Cross Country da Federação Internacional de Motociclismo (FIM). O maior rali do mundo disputado dentro de um único país já consta no calendário da entidade e será a única prova com peso dois para os competidores na temporada 2013: por ser a única com dez etapas, sua pontuação será dobrada, valendo para motos e quadriciclos.

“É um relacionamento que não acabou, mesmo com o Sertões deixando de fazer parte do Mundial em 2011 e 2012, nós sempre mantivemos o contato e discutíamos várias questões. Até que os contatos evoluíram e chegamos a um acordo para voltar a fazer parte do Mundial. É algo muito importante para os dois lados: para o Sertões, traz mais competidores estrangeiros; para a FIM, aumenta muito o nível da competição, sendo a única prova de peso dois do campeonato”, destaca Sabrina Proença, Gerente de Eventos da Dunas Race.

Sertões 2013 volta ao Mundial FIM, atraindo competidores internacionais

Sertões 2013 volta ao Mundial FIM, atraindo competidores internacionais

A história do Rally dos Sertões com o Mundial começou em 2004, quando o evento foi observado por um comissário da FIM, que analisou a organização da prova para depois homologá-la. Na edição seguinte, em 2005, o Sertões entrou pela primeira vez no calendário do Mundial para motos e quadriciclos.

Grandes nomes do motociclismo e do cross country mundial passaram a disputar a prova desde então, como o franceses Cyrill Desprès e David Casteau, o espanhol Marc Coma, o polonês Rafal Sonik, entre vários outros estrangeiros. O Sertões fez parte do Mundial até 2010, quando a Dunas Race, organizadora do rali, optou por deixar o calendário da FIM para estimular a entrada de mais competidores brasileiros na prova.

O Rally dos Sertões 2013 acontece de 25 de julho a 4 de agosto e será a penúltima do calendário do Campeonato Mundial de Rally Cross Country para motos e quadriciclos. A temporada começa em 5 de abril com o Desert Challenge em Abu Dhabi, depois passa pelo Rally do Catar em 28 de abril, pelo Rally da Sardenha em 31 de maio e então a caravana se desloca para a América do Sul para duas provas: o Desafio Ruta 40 na Argentina e logo depois, em 25 de julho, o Rally dos Sertões. Depois o campeonato volta a atravessar o Atlântico e encerra a temporada com o Rally dos Faraós, no Egito, no dia 28 de setembro.