Ratinho conquista 2a etapa do Latino-Americano de MX

Ratinho conquista 2a etapa do Latino-Americano de MX

Ratinho conquista 2a etapa do Latino-Americano de MX

O paulista fechou o dia com dois segundos lugares nas baterias disputadas neste domingo e assumiu a lideran‡a da competi‡Æo com 88 pontos

EspigÆo do Oeste (RO) – Deu Brasil na segunda etapa do Campeonato Latino-Americano de Motocross, que aconteceu neste domingo em EspigÆo do Oeste, Rond“nia. Com dois segundos lugares nas baterias disputadas, o paulista Marcello Lima, o Ratinho, conquistou a lideran‡a do torneio com 88 pontos. Com o resultado, ele est  confirmado, ao lado do paranaense Leandro Silva (segundo colocado com 81 pontos), para disputar o terceiro compromisso da competi‡Æo, que ser  disputado no M‚xico, ainda sem data confirmada.

Na primeira bateria, sob um calor pr¢ximo dos 40 graus, Rodrigo Serlhorst fez uma largada impec vel e, em poucas voltas, abriu distƒncia do restante do grupo, ratificando a vit¢ria. “Minha meta foi alcan‡ada, ou seja, consegui largar bem, abrir vantagem e vencer”, disse o piloto,! que correu em casa. Ratinho ficou em segundo, ap¢s ganhar a posi‡Æo do venezuelano Humberto Martin, que vinha bem na prova, mas errou em uma das curvas do circuito. O goiano Weilngton Garcia garantiu o terceiro posto. Kurt Rocha ficou em quarto e o mexicano Jose Martin Garcia, em quinto.

J  na segunda e decisiva prova do dia, Leandro Silva, vencedor da primeira etapa disputada no Acre entre os dias 15 e 16 de julho, se recuperou do 15§ posto alcan‡ado na primeira bateria e, com uma boa largada, conseguiu andar na frente dos advers rios. Leandro foi perseguido e amea‡ado por Ratinho. “S¢ tive sossego perto do final da prova, quando o Ratinho diminuiu o ritmo”, afirmou o paranaense. J  o paulista confessou ter cansado no final da corrida e optou pelos pontos que o garantiriam no primeiro posto. “Estava bem cansado no final e at‚ cheguei a cair. Quando retornei … prova, pensei na classifica‡Æo geral! “, falou Ratinho.

Na soma dos resultados do dia, Ratinho ficou em primeiro com 44 pontos, Wellington Garcia foi segundo com 40 e Humberto Martin J£nior o terceiro (33 pontos). O paranaense Kurtt Rocha garantiu a quarta posi‡Æo (32 pontos) e Leandro Silva completou o p¢dio com 31 pontos.

Feito – O piloto Venezuelano Humberto Martin J£nior conquistou um feito hist¢rico. Nunca um atleta deste pa¡s havia ficado entre os cinco melhores pilotos da competi‡Æo em uma etapa do Campeonato Latino-Americano de Motocross. “Na hist¢ria do Latino-Americano, a Venezula nÆo tinha terminado tÆo bem. Por isso, toda a delega‡Æo est  muito feliz com este resultado”, comemorou o piloto.

Classifica‡Æo geral ap¢s duas etapas:
1§) Marcello Lima (Brasil) – 88 pontos
2§) Leandro Nunes Silva (Br! asil) – 81 pontos
3§) Humberto Martin J£nior – (Venezuela) – 64 pontos
4§) Rodrigo Serlhorst (Brasil) – 63 pontos
5§) Wellington Garcia (Brasil) – 56 pontos