Reclamação e Resposta Honda: afinal qual a periodicidade da troca de óleo? Manual do Usuário X Concessionária

Reclamação e Resposta Honda: afinal qual a periodicidade da troca de óleo? Manual do Usuário X Concessionária

Reclamação e Resposta Honda: afinal qual a periodicidade da troca de óleo? Manual do Usuário X Concessionária

Caros Estou com uma dúvida pertinente, sobre um assunto que aflige muitos proprietários de motos de qualquer marca ou modelo. Óleo do motor. No manual do proprietário (Honda 150 Bros ESD), a informação sobre a periodicidade na troca do óleo, não está clara e pode levar o proprietário a um procedimento erroneo.Segundo o Código de Defesa do Consumidor, no Capítulo III – Dos Direitos Básicos do Consumidor, Art. 6º São direitos básicos do consumidor: … III – a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço, bem como sobre os riscos que apresentem; … Com esta dúvida, na revisão periódica dos 4000km, realizada na revenda Moto Remaza Tatuapé, em 02/05/2009, solicitei ao atendente o esclarecimento de minha dúvida e confirmação do que foi entendido como informação. Para minha surpresa, a informação passada foi muito diferente pois, segundo o consultor da revenda, a troca do óleo do motor deveria ser realizada a cada 1000km.
Qual informação é correta? A do manual, que ao meu entender, não tem mensagem clara e objetiva, ou a do consultor da concessionária, que representa a Honda? Outra dúvida que surgiu foi sobre a sugestão, que é quase uma imposição, da Honda, sobre a marca do óleo. Não deveria apenas definir a especificação, apresentar as possíveis variações e sugerir uma marca? P.e.: API 20W-50 SG ou superior, sendo a marca XXXX, aprovada pelo fabricante. Grato pela atenção. Odil Pereira (50), São Paulo – SP

Foto: Mensagem recomedada numa moto, foto RH

Foto: Mensagem recomedada numa moto, foto RH

A Assessoria de Imprensa da Honda respondeu:
“Ao Site Motonline
Ref. Carta do leitor Odil Pereira

Conforme especificado no manual do proprietário, esclarecemos que a primeira troca de óleo do motor da motocicleta NXR 150 Bros ESD, em condições normais de uso, deve ser realizada com 1.000km e a segunda com 4.000km. As demais devem ser realizadas a cada 4.000km ou 12 meses (o que ocorrer primeiro). Para determinar os intervalos adequados à condição de utilização da sua motocicleta recomendamos levá-la a uma de nossas concessionárias para avaliação técnica.

O óleo Mobil Super Moto 4T SAE 20W 50 API SF é o único testado e recomendado pela Moto Honda para garantir as características de concepção das motocicletas.

Permanecemos à disposição através do nosso Serviço de Atendimento a Clientes, pelo telefone 0800 055 2221.
Atenciosamente,

Ricardo Ghigonetto / Assessor de Imprensa
Moto Honda da Amazônia”

Diante da resposta, fiz uma indagação: Só uma questão: então, por que o consumidor está sendo orientado a trocar óleo contra o que é recomendado no manual?
Eu liguei para as concessionárias abaixo, que elencarei concessionária, nome do técnico e recomendação:
1) Remaza Tatuapé – Vagner – informou que a troca é a cada 1.000/1.500Km – óleo Móbil
2) Estação H/Porto Alegre- RS – Fabiano – troca a cada 1.000Km segundo orientação do mecânico da concessionária, mas que se o cliente quiser, pode seguir o manual, olhando o nível de óleo todos os dias; 3) Constar/Cotia-SP – Daniel – a cada 4.000Km, como determina o manual; 4) Sanmell/Santos-SP – Eduardo que informou a cada 1.500km, óleo Móbil; 5)Japauto/Santo André-SP – Ariane que informou a cada 1.000Km Móbil ou Repsol (que é mais barato); 6) Remaza SBCamp/SP – Mackson informou que é a cada 4.000Km, como consta no manual e determinado pela Honda.
Atenciosamente
André Garcia

A Honda por meio da Assessoria respondeu:
“Reforçamos que a recomendação da fábrica é a contida no Manual do Proprietário, que tem embasamento em informações de projeto. Dependendo de características da região e de utilização do produto, a concessionária pode recomendar que o cliente efetue a troca de óleo com uma freqüência menor. Esta recomendação é uma segurança ao cliente, porém o mesmo pode optar ou não por seguir a orientação da concessionária, desde que siga rigorosamente as recomendações do Manual do Proprietário”.
Qualquer problema, estou à disposição.
Atenciosamente,
Lady Jane Ferreira “

Em contato com ASSOHONDA, foi respondido:

“Bom dia André
Foge da alçada da missão da Assohonda responder tais dúvidas técnicas relatadas em sua mensagem, entretanto, as mesmas podem ser esclarecidas diretamente pelo fabricante.
Por isso, indico que você entre em contato com o SAC da Honda, específico aos consumidores de Motocicletas e Quadriciclos, através do telefone: 0800 055 22 21. Este canal de atendimento da Honda possui profissionais especializados para esclarecerem os seus questionamentos.
Atenciosamente,
Eliane de Almeida
Assessora de Comunicação”

R: Odil e demais motonliners cabe informá-los que o correto é seguir o Manual do Usuário. No caso específico do leitor Odil que utiliza a motocicleta modelo Bros aos finais de semana, não faz trilha, não usa a moto no limite é temerário a oferta de troca de óleo com 1000/1500Km, o que poderia configurar abuso contra o consumidor. A troca de óleo antes do que determina o Manual do Usuário é EXCEÇÃO. Ou seja, só em condições de muita poeira (caso de uma trilha) ou um uso onde se exige o limite da motocicleta, ou completados 12 meses, no caso de pouco uso.

Portanto, quem utiliza a motocicleta dentro da normalidade a troca deve seguir, estritamente, o que está no Manual do Usuário, lembrando que deve se fazer o acompanhamento do nível do óleo, como recomenda o Manual do Usuário.