Reclamação Suzuki - Recall AN 125 Burgman

Reclamação Suzuki – Recall AN 125 Burgman

Reclamação Suzuki - Recall AN 125 Burgman

Boa Tarde, Muitas empresas brasileiras ainda utilizam do amadorismo em seu negócios. Eu poderia dizer que a falta de comprometimento e respeito com o consumidor é uma marca registrada de muitas. Tenho uma Burgman AN125, e logo que ví o anúncio do Recall da tampa do tanque de combustível, corri para a concessionária Top Moto daqui de Recife para efetuar a troca. Fui muito bem atendido pelo dono que preencheu um documento de adesão ao recall, o qual assinei. Porém o mesmo disse que não tinha uma única tampa sequer no estoque, e que deveria estar chegando em 15 dias. Tem coisas que não dá pra atender, como uma empresa diz: A rede de Concessionárias Autorizadas e pontos de venda estão prontos para atender aos clientes com seu alto padrão de qualidade e atendimento, se uma tampa em estoque a concessionária não tem. Se alto padrão de qualidade e atendimento resume-se a isso, imagine quem tem apenas padrão de qualidade e atendimento, o que pode acontecer? Junto a isso, gostaria de saber por qual motivo a tampa do tanque da Burgman não é igual a da maioria, se não for de todas as motos, que após a retirada do tanque, a chave fica conectada e só sairá após retornada à tampa para o tanque. Confesso que já esquecí a tampa dentro do compartimento abaixo do banco, e só retornei após o abstecimento seguinte. A minha preocupação não foi nem a evaporação da gasolina, mas sim a formação de gases sem falar no calor do conjunto em geral. Confesso que fiquei temeroso. Um abraço, Ricardo (42) Recife – PE

R: Encaminhado a reclamação a J. Toledo, sua Assessoria de Imprensa nos respondeu: “Olá André, Segue resposta: Em atendimento as reclamações do leitor, esclarecemos que a já foi enviado um lote de tampas do tanque da AN125(Burgman) para todas as Concessionárias Autorizadas, portanto, V.Sa. poderá escolher a Concessionária de seu interesse e realizar a campanha. Quanto a não existência da chave na tampa do tanque, se dá em virtude do acesso ser abaixo do assento e este ser aberto através da chave de ignição. Sem mais para o momento, colocamo-nos à disposição. Ana Cláudia Liboni
Dpto. De Marketing”

Em réplica nosso leitor informou: “Bom Dia Dr. André,

Desculpe não ter respondido a tempo. Fui contactado pela concessionária na sexta-feira à tarde (26/03) para comparecer na Top Moto – Imbiribeira – Recife para troca da tampa e substitutição do farol, o qual dei entrada na garantia por estar entrando água. Até estranhei o fato da chamada tão rápida para troca do farol, se a entrada na garantia tinha sido feita no dia 16/03. Fui lá ontem (28/03), saliento que muito bem recebido pelo dono (Sr. Geovane), e foi trocada a tampa do tanque e o farol. Comentei com minha esposa que tinha um pressentimento que o e-mail enviado ao site motonline e a intervenção sua surtiram efeito pra lá de imediato. Aproveito o ensejo para agradecer por tudo que vocês fizeram até hoje, não só a mim mas também a todos os motociclistas. Atenciosamente, Ricardo R. de Souza”

Comentário: Pelas obrigações entre montadora ou fabricante e concessionárias impostas pela Lei 6729/79 é redundante afirmar, que quando ocorre uma Recall que envolve a obrigatoriamente os deveres e obrigações da Lei 8078/90 – Código de Defesa do Consumidor, a concessionária ou as concessionárias da marca devem se encontrar mais do que preparadas para o pronto atendimento e solução do problema.