PIloto Jonny Walker em 2015 (foto de Philip Platzer - Red Bull Content Pool)

Red Bull Hare Scramble: muito além do limite

Você acha que é bom piloto, que enfrenta qualquer obstáculo, que é só ter a moto certa e tudo acontece. Nananinanão! Não é bem assim! Milhares tentam e a maioria não consegue “escalar” com as melhores motos off-road do planeta a impressionante “montanha de ferro” de Eisenerz, na Áustria. E dos que conseguem, somente um ganha um pedaço de ferro moldado da montanha que conseguiu dominar!

Red Bull Hare Scramble em 2015 (foto de Mirja Geh - Red Bull Content Pool)

Red Bull Hare Scramble em 2015 (foto de Mirja Geh – Red Bull Content Pool)

É isso mesmo, o prêmio ao vencedor é um pedaço de ferro. Mas isso não é problema, porque o que vale é o desafio. Esta 23ª edição do Red Bull Hare Scramble promete emoção do início ao fim. Serão 1.500 pilotos participando e destes, apenas os top 500 se classificam para o Hare Scramble, que acontece no domingo. Após um prólogo que definirá os melhores nomes da prova, os selecionados testarão todos os seus limites em uma corrida com 4 horas de duração e muitos obstáculos.

Graham Jarvis, campeão de 2016 (foto de Sebastian Marko -  Red Bull Content Pool)

Graham Jarvis, campeão de 2016 (foto de Sebastian Marko – Red Bull Content Pool)

Entre os nomes que tentarão uma vaga, estão pilotos como Jonny Walker (UK), da Red Bull KTM Factory Racing Team, tricampeão do Red Bull Hare Scramble; Alfredo Gomez, vencedor do evento em 2015 e terceiro colocado no ano passado, e Cody Webb, segundo colocado em 2016. Em 2017, mais uma vez, a KTM traz a Erzberg um gostinho do Dakar com Matthias Walkner (AUT), focado na vitória do prólogo Iron Road, que define quem se classifica para competição.

A largada para a "escalada" é um dos momentos mais emocionantes da prova em 2016 (foto de Samo Vidic - Red Bull Content Pool)

A largada para a “escalada” é um dos momentos mais emocionantes da prova em 2016 (foto de Samo Vidic – Red Bull Content Pool)

O britânico Graham Jarvis, que dominou o Red Bull Hare Scramble em cima de sua Husqvarna em 2017, desembarca na Áustria para defender o título. Em sua equipe, uma outra presença ilustre: o bicampeão do FIM Super Enduro, Colton Hakker (EUA), que tenta mais uma vez domar a “gigante de ferro”. Na equipe British Eurotek KTM Team, figuram os pilotos britânicos Paulo Bolton e David Knight, tri-campeão mundial de Enduro e duas vezes vencedor do Red Bull Hare Scramble.

Em 2016, dos 500 competidores que iniciaram a prova, somente 9 conseguiram terminá-la, mesmo com condições climáticas perfeitas. “Cruzar a linha de chegada no Red bull Hare Scramble já é uma grande honra. Se você consegue um lugar no pódio ou uma vitória, pode ter certeza de que é um dos mais completos pilotos de off-road no mundo.”, disse Heinz Kinigadner, um dos organizadores da prova.

Limites? Para quê? Vamos subir e pronto! (foto de Samo Vidic - Red Bull Content Pool)

Limites? Para quê? Vamos subir e pronto! (foto de Samo Vidic – Red Bull Content Pool)

Como funciona o Red Bull Hare Scramble

Misture os seguintes ingredientes: 1 montanha, 500 pilotos e 20 pontos de controle. Solte-os por 4 horas na montanha mais desafiadora do mundo para tentar subir com uma motocicleta. Pronto, receita certa e diversão garantida. São mais 1.500 pilotos inscritos e apenas os 500 mais rápidos se classificam no prólogo. Os competidores começam a prova em grupos de 50, saindo primeiro os que se classificaram com melhor tempo. Após a largada, eles precisam passar por 20 pontos de controle na pista que tem cerca de 23 quilômetros.

PIloto Jonny Walker em 2015 (foto de Philip Platzer - Red Bull Content Pool)

PIloto Jonny Walker em 2015 (foto de Philip Platzer – Red Bull Content Pool)

Passadas as 4 horas de prova, vem a bandeirada final e a definição de quem levou a melhor na prova. São poucos os que conseguem chegar a reta final. A maioria dos pilotos não consegue sequer passar da fase inicial da prova. Como premiação da prova, o primeiro lugar leva um pedaço de ferro moldado da montanha que conseguiu dominar. É uma recompensa por toda garra e determinação que precisou para vencê-la. Para quem quiser acompanhar esse desafio, a Red Bull TV fará a transmissão, a partir das 6:30 de domingo.Separador_2



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.