cody-webb-ktm-300-exc-red-bull-minas-riders-brazil-2017

Red Bull Minas Riders reuniu elite mundial do enduro

Após o sucesso da primeira edição, realizada no ano passado, o Red Bull Minas Riders Extreme sacudiu o Brasil novamente, convocando a nata mundial do hard enduro. No trajeto, pilotos de vários países desbravaram 240 quilômetros pelas trilhas mais extremas das regiões de Ouro Preto e Barão de Cocais, em prova realizada na sexta e sábado deste final de semana – a final aconteceria no domingo, mas foi antecipada pela organização. No pódio, o lugar mais alto foi conquistado pelo britânico Graham Jarvis, com o americano Cody Webb, estreante na prova, em segundo lugar, e o espanhol Alfredo Gomez, vencedor do evento no ano passado, em terceiro. O mineiro Rigor Rico foi melhor brasileiro na categoria principal, a Gold, conquistando o sétimo lugar.

Pilotos de vários países desbravaram 240 quilômetros pelas trilhas mais extremas das regiões de Ouro Preto e Barão de Cocais no Red Bull Minas Riders 2017

Pilotos de vários países desbravaram 240 quilômetros pelas trilhas mais extremas das regiões de Ouro Preto e Barão de Cocais no Red Bull Minas Riders 2017

“Cody andou muito perto de mim durante a maior parte do tempo e, sinceramente, acho que isso acabou me ajudando, porque nós dois nos apoiamos e chegamos até a nos ajudar em alguns momentos”, disse Jarvis. “Este ano, encontrei os caminhos muito mais facilmente e sabia o que fazer, então acabei ganhando tempo. Estou muito feliz”, completou. No ano passado o britânico ficou com o segundo lugar, perdendo por poucos minutos para Alfredo Gomez. Desta vez, mais experiente, ele soube aproveitar as trilhas mineiras e os erros dos adversários para ficar com o título, pilotando por montanhas, trilhas e florestas por aproximadamente cinco horas a cada dia.

Vitória na categoria principal para o britânico Graham Jarvis, que havia conquistado o segundo lugar em 2016

Vitória na categoria principal para o britânico Graham Jarvis, que havia conquistado o segundo lugar em 2016

O romeno Martin Freinamedetz, da empresa Xventure, responsável pela organização da prova, lamentou o encurtamento da competição. “Estamos há um ano conversando com todas as autoridades ambientais e definindo o trajeto da prova e temos autorizações de todos os órgãos responsáveis. Infelizmente, no último momento, a polícia pediu para fazer mais algumas análises de risco e optamos por cooperar e antecipar o final da competição já que os pilotos não podem aguardar”, afirmou ele.

Brasileiros venceram três categorias do Red Bull Minas Riders

O mineiro Rigor Rico recebeu com alegria o sétimo lugar na categoria principal, onde gladiou com os melhores pilotos do mundo. “Eu compartilho esta conquista com os outros dois brasileiros que encararam a prova na categoria de elite, o Gustavo Pellin e o Bruno Crivilin. Nós cumprimos o desafio juntos, um ajudando o outro, por isso completar a prova foi uma vitória de todos nós”, destacou o piloto do Team Rinaldi. Mas nas outras categorias, só deu Brasil.

Rigor Rico foi o melhor brasileiro na categoria Gold, com o sétimo lugar. Vitória nacional na Silver, Bronze e Iron

Rigor Rico foi o melhor brasileiro na categoria Gold, com o sétimo lugar. Vitória nacional na Silver, Bronze e Iron

minas-riders

O Red Bull Minas Riders 2017 esteve dividido em quatro categorias: Gold, Silver, Bronze e Iron. Na Silver, vitória de Rômulo Brottrel, com Rogério Zortea em segundo e Renan Tonon em terceiro. Na Bronze, nova hegemonia nacional, com Patrik Capila, Diego Collet e Marco Túlio nas três primeiras colocações. Na Iron, vitória para Kelder Campos, seguido por Laurindo Zatorski. O suíço René Reist conquistou o terceiro lugar.

Resultados categoria Gold:

1. Graham Jarvis (Husqvarna) 5:46:47
2. Cody Webb (KTM) 5:49:29
3. Alfredo Gomez (KTM) 6:03:51
4. Philipp Scholz (KTM) 6:15:01
5. Paul Bolton (KTM) 6:37:28
6. Pol Tarres (Beta) 6:52:57

Separador_motosFonte: Red Bull Pull Content,  Press KTM, Mundo Press



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.