RESP e USP firmam parceria para desenvolver pesquisa sobre turismo rodoviário

RESP e USP firmam parceria para desenvolver pesquisa sobre turismo rodoviário

RESP e USP firmam parceria para desenvolver pesquisa sobre turismo rodoviário

Iniciativa surgiu a partir da necessidade de conhecer os pontos de destaque do turismo em São Paulo e da importância do transporte rodoviário para incentivar cada vez mais visitantes conhecerem as cidades.

A FRESP – Federação das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo firmou parceria com o grupo de pesquisas ‘Turismo, Conhecimento e Inovação’, formado por professores do curso de Lazer e Turismo, da EACH – Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP. O intuito é desenvolver o estudo, intitulado “Transporte rodoviário de fretamento: desafios e possibilidades no Estado de São Paulo”, com objetivo de contribuir com a definição de diretrizes e estratégias para o desenvolvimento do transporte rodoviário turístico.

Para o embasamento do estudo, os pesquisadores participaram de palestras e se reuniram com empresários associados à FRESP para o levantamento de dados. Além das informações da FRESP e associados, a pesquisa abordará institutos e organismos de turismo para recolher informações a respeito do mercado de turismo e turismo rodoviário. A USP ainda pesquisará todos os projetos, programas e ações instituídas pelo poder público nos âmbitos federal e estadual.

A proposta veio da necessidade de conhecer mais as necessidades do setor e assim conseguir maior atuação e destaque no segmento transporte turístico. “Como se trata de uma primeira abordagem, o tema certamente contribuirá com a definição de diretrizes para as ações da FRESP, no que se refere ao transporte turístico. Além disso, os dados servirão de apoio nas discussões referentes à definição de políticas públicas que considerem a importância do transporte rodoviário para o desenvolvimento do setor de turismo no Estado de São Paulo”, aponta a docente da EACH – USP, Karina Toledo Solha.

O trabalho deve definir diretrizes para adoção de estratégias e ações para o transporte rodoviário de fretamento. “Essa pesquisa vai ajudar o segmento de fretamento turístico a descobrir as lacunas no desenvolvimento do trabalho e assim, melhorar e expandir a atuação na área do turismo rodoviário”, destaca Regina Rocha, diretora executiva da FRESP.

De acordo com a professora da USP, a previsão para a divulgação da pesquisa completa é até fevereiro de 2011. “Estamos iniciando os trabalhos, por isto ainda não temos resultados efetivos, no entanto, certamente já teremos informações sobre o assunto no início de 2011, quando finalizaremos a atividade”, finaliza Solha.