A segunda etapa da Copa Contestado de Velocross foi realizada no último final de semana

Resultados da Copa Contestado de Velocross

A segunda etapa da Copa Contestado de Velocross foi realizada no último final de semana, dias 22 e 23 de março, na cidade de Indaial (SC). A prova integrou a programação de aniversário do município, e presenteou os presentes com bons pegas, grandes ultrapassagens, muitos competidores, e como é de praxe, grande presença do público.

A segunda etapa da Copa Contestado de Velocross foi realizada no último final de semana

A segunda etapa da Copa Contestado de Velocross foi realizada no último final de semana

Na parte da manhã, logo após os treinos, a emoção começou cedo para os pais, mães e avós dos pilotos mirins das categorias Mini Moto A e Mini Moto B, que competindo como gente grande fizeram um espetáculo à parte, demonstrando vocação e paixão pelo esporte.

Na Classe Mini Moto A o vencedor foi o piloto numeral 420 Brayan H. da Cunha (Cunha Latoaria – Pro Motos – WR Pré Moldados), da cidade de Brusque, seguido pelo piloto José da Silva (Artefatos de Cimento Silva – Fagner Preparações – Art Móveis) da cidade de Itapema, e na terceira colocação Vinicius Boing (Família Boing), piloto de Blumenau.

Na Classe Mini Moto B o vencedor foi o piloto numeral 125 Otavio da Silva (Nilmar Constr. Civil – JS Ferramentas) da cidade de São Bento do Sul, chegando na segunda colocação o piloto Cauã Hostin da Silva (Fan Moto Peças), de Joinville, e na terceira posição terminou a etapa o piloto Kauê Priscilio Leite (Time Tec – Bela Vista Motos – ZimarExpress de Blumenau.

Na Classe 65cc o vencedor foi o piloto numeral 345 Carlos Gervasi (Madeireira Gardini – Mael Moto Peças – MX Center), que veio de Camboriú e repetiu o resultado da primeira etapa com vitória, na segunda colocação subiu ao pódio o piloto Anthonny Gervasio (G Lafitte Imob. – Colégio Cecam – Academia Wave) e em terceiro Adilson Felippe (Naldo Preparações – Coratex – Pró Visor – Auto Posto Texas).

Na Classe 85cc o piloto numeral 19 Bruno Hodecker (Nano Motos – Linharia Aviamentos – Redotex), do município de Guabiruba, conseguiu suportar bem a pressão e terminou na primeira colocação. Na segunda posição tivemos o piloto Alesson Chapiewsky Filho (Art Moveis – Fagner Preparações) do município de Balneário Camboriú, e em terceiro o piloto Leonardo Boing (Pref. Municipal de Vidal Ramos – Mecânica Petry – Contabilidade Haas – Portal Moveis – Zanata auto Elétrica).

Na Classe Nacional 150cc 4t o vencedor foi o piloto numeral 27 Jeferson Gardini (Fagner Preparações – Dois Irmãos Moto Peças – Dugato – Mari Gatão – Art Moveis) de Camboriú, na segunda colocação Maykon Correa (KFR Preparações – VF Contabilidade – Posto Paulinho) da cidade de Camboriú, ficando com a terceira colocação Eduardo Branco (Moto Fenix – MBK Comunicação Visual – Nato Gabaritos), piloto blumenauense.

Na Classe Nacional 230cc 4t Estreante, categoria bastante disputada que sempre apresenta gate cheio, chegou em primeiro lugar o piloto numeral 68 Handerson Ferreira (Mecânica Diesel Jairo – Xilokinha Motos), da cidade de Imbuia, ficando com a segunda colocação Gabriel Menestrina (Molas Menestrina) e em terceiro Maicon Cebeu (Cebeu Tecks Tecelagem – Janga Motos) de Brusque.

Na Classe Nacional 230cc 4t Pro o piloto numeral 22 Wandrey Niels (TWB Comandos – Pé no Estribo) da cidade de Blumenau chegou na primeira colocação, seguido por Daniel Melchert da cidade de Joinville e Handerson Ferreira (Mecânica Diesel Jairo – Xiloquinha Motos), da cidade de Imbuia, terceiro colocado na categoria.

Na Classe Nacional 300cc 4t o vencedor foi Wandrey Niels que mostrou controle do equipamento e do traçado. Na segunda colocação terminou a etapa o piloto Eduardo Branco (Nato Gabaritos – Moto Fênix – MBK Comunicação Visual), e o terceiro à cruzar a chegada foi o piloto joinvilense Vagner Dagnoni (Vanger Serviços – MotoCenter Vagner).

Na Classe Força Livre o vencedor foi o piloto da casa numeral 53 João Vergutz (Estofaria Cardeal-TuioMotos-Street Parts-Pe no Estribo- Roni Racing-PH cross), que correu em casa. O segundo piloto mais veloz na bateria foi Eduardo Branco (Moto Fênix – MBK Comunicação Visual – Nato Gabaritos) de Blumenau, e o terceiro mais rápido foi Julio Deschamps (Motódromo Miro Deschamps – Xandi Motos – Borracharia João – JMP Preparações) da cidade de Ilhota.

Na Classe VX3 Nacional o vencedor foi o piloto numeral 76 Willian de Moraes (Auto Peças Velha – Auto Socorro Velha) da cidade de Blumenau, na segunda colocação Antonio Pato Correa (Atacadão Motos Parts – Gerson Motos) de Rio do Sul, e em terceiro Douglas Guesser (Roni Motos – Lavação Guesser – Pé no Estribo), que veio de Luís Alves para a competição.

Na Classe VX4 Nacional venceu o piloto 24 Antonio Correa (Atacadão Motos Parts – Gerson Motos) da cidade de Rio do Sul, na segunda colocação cruzou a chegada Vilson Alves (BM Motos – Metalcava – Confecções Filan) da cidade de Lontras, e em terceiro o piloto de Biguaçu, Roger da Silva (Nando Motos – Rofran Limpeza – Honda Amauri).

Na Classe VX2 o vencedor foi novamente o piloto Lucas Gadotti (Priscilla Malhas – Zequinha Racing – Halley Graphics), numeral 11, natural de Rodeio. Na segunda posição tivemos Gilmar Longen Jr. (Borracharia Longen – Popo Racing – Fexponace) de Ituporanga que vem surpreendendo com bons resultados, e na terceira colocação Giovani Wisbecki (Thomas Motos – TWB Dinamômetro) da cidade de Blumenau.

Na Classe VX1, categoria bastante ágil que sempre empolga o público, venceu o numeral 11 Lucas Gadotti (Priscila Malhas – Zequinha Racing – Halley Graphics), surpreendendo Edinilson Batista (Theilacker Racing) da cidade de Camboriu, que terminou com a segunda colocação, seguido de perto pelo piloto blumenauense por Osmair Cipriani (Omã Construtora – Lavashow).

Na Classe VX3 Especial o vencedor foi o piloto joinvilense numeral 555, Avacir Chaves (Nenê Motos – IMS), na segunda colocação Elvis A. Schmitz (Carambas Hiperclub – Zequinha Racing – Impacto Academia) de Blumenau, e em terceiro Fabiano Waltrich (Auto Posto Blumenau).

Na Classe VX4 Especial Avacir Chaves tornou a vencer, acompanhado por Gilmar Bianquezzi (FG Motos – Frutos do Mar), segundo mais rápido na etapa do final de semana, e Cleonisio Hessmann (Acimatec – Assistecno) da cidade de Blumenau.

Na Classe Intermediária venceu o piloto numeral 23 Luan Holetz (Republica Federal Jeans – TBT Racing – Peso D’Água) de Indaial, em segundo Gilmar Longen Jr. (Borracharia Longen – Popo Racing – Fexponace) de Ituporanga, e em terceiro João C. Ferretti de Gaspar.

Na Classe Trilheiros o vencedor foi o numeral 8 Douglas Guesser (Roni Motos – Lavação Guesser – Pé no Estribo) da cidade Luis Alves, seguido por Reinaldo Isensee (Naldo Preparações – Alves Energy Drink) de Gaspar e Júlio Freitas (Kalajus Auto Peças – Roni Racing) da cidade de Joinville.

Na Classe VXF (Batom) estreou no pódio a numeral 996 Mozara Bittencourt (Espaço Bolsas), da cidade de Balneário Camboriú, vencendo Maysa Pianezer, que repetiu a posição da etapa de abertura e terminou como segunda colocada (ProTork – Charles Motos – SD Veículos), e Rosangela Will (Charles Motos – Bananas Machado – JMB Prep – Agrolil), que veio de Luiz Alves para mostrar à que veio com um ótimo resultado.

A próxima etapa da Copa Contestado de Velocross será em Papanduva (SC) nos dias 05 e 06 de abril.