Jean Azevedo passou o dia cuidando para não cair e agravar sua lesão - crédito: DFotos/VipComm

Resumo da 9­ª etapa

 

9ª ETAPA – SEXTA-FEIRA 2/8

Percurso: MINAÇU (GO) – GOIANÉSIA (GO)
Deslocamento inicial: 33 km
Trecho de Especial: 264 km
Deslocamento final: 253 km
TOTAL: 550 km

Terreno: Hoje foi mais um dia para ficar na memória de todos os participantes, porque foi mais um estágio completíssimo. Começou com uma subida de serra sinuosa com depressões e lombadas, atravessando uma zona de garimpo, seguindo por um trecho muito rápido até o abastecimento. O piso ficou travado com trilhas e caminhos menores, passando por estradas de fazenda, direcionando para a última parte da prova com velocidades mais altas, mas com muitas lombadas até o fim.

O português Paulo Gonçalves vence mais uma e dispara na liderança - crédito: divulgação Dunas Race

O português Paulo Gonçalves vence mais uma e dispara na liderança - crédito: divulgação Dunas Race

COMO FOI A 9ª ETAPA

GONÇALVES VENCE E ABRE. DESPRES SE PERDE
Amanhã prova termina com chegada em Goiânia, onde serão conhecidos os campeões. Hoje, os competidores chegaram a Goianésia, que recebe o Sertões pela primeira vez

Penúltimo dia de prova e a caravana da 21ª edição do Rally dos Sertões chega a Goianésia, que recebe a prova pela primeira vez, surpreendendo. Mas Sertões é isso mesmo, imprevisível. Nas Motos, o caminho se abriu para o primeiro título do português Paulo Gonçalves (Speedbrain 450 Rally), vencedor do dia e que ampliou bem sua vantagem na liderança. Seu principal rival, o francês Cyril Despres (Yamaha) se perdeu hoje, terminou na oitava posição, e a diferença de apenas 6min29 no acumulado de ontem, passou para 25min49 hoje.

O português Paulo Gonçalves muito perto do título do Sertões 2013 - crédito: Victor Eleuterio/webventure

O português Paulo Gonçalves muito perto do título do Sertões 2013 - crédito: Victor Eleuterio/webventure

 

O espanhol Marc Coma (KTM) terminou em segundo, seguido pelo polonês Jakub Przygonski (KTM), em terceiro. No acumulado, Coma está em terceiro, a 37min19 do líder. Jean Azevedo, da equipe Honda Mobil de Rally, terminou na quinta posição e se mantém como o melhor brasileiro da prova, em quarto. Amanhã o rali chega em Goiânia, de onde largou, onde serão conhecidos os grandes campeões de mais esse desafio, totalizando 4. 115 km, dos quais 2.488 km de trechos cronometrados.

O vencedor e líder Paulo Gonçalves confessou que não esperava ir tão bem hoje. “Para mim foi bem difícil hoje, porque tive uma queda logo depois do abastecimento e quebrou o aparelho que gira a planilha, então foi tudo na mão mesmo, por isso vim mais devagar. O final era de navegação bem difícil. Eu estava vindo tão na boa que ai eu acertei a navegação. Sinceramente não esperava que fosse tão bem depois de tudo que passamos. Agora é tentar manter a calma e concentração para não deixar o título escapar”, disse. Como o Sertões deste ano é válido pelo Mundial de Cross Country da FIM e a única etapa com peso 2, Gonçalves também espera vencer para tentar superar o até aqui líder Coma.

 

Despres: "Mas pelo menos eu cheguei" - crédito: Ricardo Leizer

Despres: "Mas pelo menos eu cheguei" - crédito: Ricardo Leizer

Enquanto isso, o francês Despres – bicampeão do Sertões – comemorou ter terminado o dia pelo menos. “Eu estava muito bem, liderava com boa margem para o Paulo (Gonçalves), mas a 20 km do fim eu me perdi no way point. Mas pelo menos eu cheguei”, resumiu o bicampeão da prova.

Coma destacou que daqui para frente é levar o equipamento até o fim: “A especial foi bem legal, com um trecho de serra bem escorregadio. Estou a 11min do Cyril e 38 min na frente do Jean, então forçar para tirar essa diferença do Cyril é impossível. O negócio é levar até o fim. Nos primeiros quilômetros, quando começamos a descer a serra foi uma parte muito difícil, principalmente para a minha moto, por ser maior e mais pesada que as outras”, explicou o espanhol.

Para Marc Coma o importante agora é terminar o rali - crédito: Victor Eleuterio

Para Marc Coma o importante agora é terminar o rali - crédito: Victor Eleuterio

Jean destacou que é preciso manter o foco no último dia de prova. “Navegação bem difícil hoje, principalmente no começo com muita poeira, mas não pode aliviar. Estamos chegando em Goiânia, então tem de manter o foco”. Ele vinha numa disputa acirrada com seu companheiro na Honda Mobil de Rally, Ike Klaumann, a apenas 48 segundos. Porém, hoje Ike teve problemas em sua moto no quilômetro 82 da especial e não conseguiu completar.

Jean Azevedo passou o dia cuidando para não cair e agravar sua lesão - crédito: DFotos/VipComm

Jean Azevedo passou o dia cuidando para não cair e agravar sua lesão - crédito: DFotos/VipComm

Uma lesão no ombro de Jean Azevedo deixou o brasileiro longe de competir em sua plena condição física. Segundo ele, em todo o dia existiu uma preocupação muito maior em não cair. “Eu estou com o ligamento rompido e o meu médico disse que seu caísse, isso atrapalharia ainda mais. Então eu ando todo dia muito tenso porque eu não posso cair”, diz o piloto.

Dário Júlio

Dário Júlio

O piloto Dário Júlio, que vinha como melhor brasileiro nas motos até a sétima etapa, não conseguiu voltar à competição após ter a corrente de sua moto quebrada na quinta-feira. “Eu tive que contar com ajuda para voltar e cheguei no acampamento só à noite, depois do briefing. Não consegui pegar nem a planilha da próxima etapa, e a moto não ficaria pronta a tempo, então tive que sair da competição. É triste, mas acontece. Tenho que levantar a cabeça, fiz um belo rali”, comentou o mineiro de Lavras.

O sábado (3) marca o final do Rally dos Sertões em sua edição de 2013.

RESULTADO DA 9ª ETAPA – MOTOS (extra-oficial)

1º  PAULO GONCALVES 03:19:30
2º  MARC COMA 03:23:04
3º  JAKUB PRZYGONSKI 03:30:04
4º  FAUSTO MOTA 03:30:42
5º  JEAN AZEVEDO 03:34:15
6º  RICARDO MARTINS 03:35:56
7º  MICHAEL METGE 03:36:56
8º  CYRIL DESPRES 03:38:26
9º  LEANDRO SILVEIRA 03:40:53
10º  RAUL LIMA 03:46:59

RESULTADO ACUMULADO – MOTOS (extra-oficial)

1º  PAULO GONCALVES 28:59:52 –
2º  CYRIL DESPRES 29:25:41 +00:25:49.2
3º  MARC COMA 29:37:11 +00:37:19.5
4º  JEAN AZEVEDO 30:15:16 +01:15:24.5
5º  JAKUB PRZYGONSKI 30:30:18 +01:30:26.9
6º  MICHAEL METGE 31:16:52 +02:16:59.1
7º  RICARDO MARTINS 31:22:05 +02:22:13.1
8º  FAUSTO MOTA 31:24:32 +02:24:40.2
9º  RAUL LIMA 32:54:40 +03:54:48.2
10º  EZAIR BOSSA 33:30:23 +04:30:31.5

CRONOGRAMA E DISTÂNCIAS DO RALLY DOS SERTÕES 2013:

COMO SERÁ A 10ª E ÚLTIMA ETAPA – SEXTA-FEIRA 2/8

Percurso: GOIANÉSIA (GO) – GOIÂNIA (GO)
Deslocamento inicial: 7 km
Trecho de Especial: 123 km
Deslocamento final: 160 km
TOTAL: 290 km

Terreno: Após nove etapas duríssimas, chegou a hora de desacelerar um pouco. A especial começa rápida por canaviais com piso extremamente bom e muitas lombadas, seguindo por trechos de serra com visuais fantásticos e retornando para estradas de fazenda com muitas depressões e pedras até o final da especial e da edição 2013 do Rally dos Sertões.

 

Confira o resumo das etapas anteriores:

1ª e 2ª etapas

3ª etapa

4ª etapa

5ª etapa

6ª etapa

7ª etapa

8ª etapa