Rodolpho Mattheis enfrenta Etapa Maratona e continua líder

Rodolpho Mattheis enfrenta Etapa Maratona e continua líder

Rodolpho Mattheis enfrenta Etapa Maratona e continua líder

Em uma das piores etapas desta 17ª edição do Rally dos Sertões, entre Luis Eduardo Magalhães e Barra, na Bahia, o piloto de moto da Equipe Petrobras Lubrax Rodolpho Mattheis superou os desafios e se manteve na liderança da categoria Production.

“Dos cinco anos que participo do Sertões, esta foi a pior etapa que fiz até hoje. Muita pilotagem e navegação complicada, com 30 quilômetros de labirintos cheios de referências. Não foi nada fácil, mas estou andando com calma e segurança. E agora, vendo este resultado, estou muito feliz!”, contou Rodolpho.

Talento – O piloto, natural de Petrópolis (RJ), já conquistou a vitória na categoria Maratona até 450cc no Rally Dakar 2009 e no ano passado, a Brasil Aberta no Sertões. A categoria que disputa neste Sertões o impede de fazer algumas alterações em sua KTM 450EXC, mantendo assim a motocicleta original. Mesmo com esta regra, Rodolpho mantém-se ao lado dos ‘ponteiros’ da prova, que fazem parte de outras categorias de preparação livre. Até o momento, o piloto está com a 5ª colocação na classificação geral acumulada.

Entre os Carros, a dupla Jean Azevedo/Youssef Haddad ficou presa na poeira da dupla adversária Riamburgo Ximenes/Stanger Eller, que os seguraram no quilômetro 190 do trecho cronometrado. “Quando outro competidor é alcançado, por medidas de segurança é obrigatório dar a passagem, o que não foi feito”, explicou o piloto Jean, que está com a terceira posição na classificação geral, atrás apenas dos veículos oficiais de fábrica. A dupla Carlos Sainz/Lucas Cruz está na liderança.

Na categoria Caminhões, uma planilha mal sinalizada tirou o caminhão Mercedes-Benz Atego da disputa pelos primeiros lugares. “Hoje a etapa realmente não era boa para os caminhões grandes. Em seu início, batíamos muito o vidro nas árvores baixas, além da especial ser estreita demais. Depois, percorremos retas de alta velocidade e uma lombada fez com que nosso veículo voasse a ponto de quebrar o semi-eixo dianteiro na queda”, explicou o piloto André Azevedo.

Resultados de hoje (5ª etapa): Motos
1º Jakub Przygonski – 4h39min04s;
2º José Hélio – 4h41min25s;
3º Denisio do Nascimento – 4h47min02s.
10º Rodolpho Mattheis – 5h04min45s.

Carros
1º Carlos Sainz/Lucas Cruz- 4h04min10s;
2º Nasser Al-Attiyah/Timo Gottschalk – 4h21min09s;
3º- Riamburgo Ximenes/Stanger Eller – 4h30min56s;
8º Jean Azevedo/Youssef Haddad – 4h46min59s.

Caminhões
1º Edu Piano/Solon Mendes/Davi Fonseca – 3h47min38s;
2º Amable Barrasa/Guilherme Signoretti – 3h54min39s;
3º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Chwaigert – 4h11min17s.

Resultados acumulados na categoria até a etapa de hoje:
Motos – Production
1º Rodolpho Mattheis (5º na geral);
2º João Ricardo;
3º Rodrigo Bossa.

Carros – Protótipos
1º Jean Azevedo/Youssef Haddad (3º na geral);
2º Riamburgo Ximenes/Stanger Eller;
3º Roberto Reijers/Rogério Almeida.

Caminhões – categoria T4.2
1º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Chwaigert ;
2º Ulysses Marinzeck/ Evandro Bautz/José de Carvalho;
3º André Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto.