Rossi brilha no Ferrari 430 em Vallelunga

Rossi brilha no Ferrari 430 em Vallelunga

Rossi brilha no Ferrari 430 em Vallelunga

O italiano foi terceiro na classe GT3 depois de ter alinhado na 19ª edição das 6 Horas de Vallelunga na equipa de Andrea Ceccato e Alessio Salucci.

Mais de 10.000 espectadores estiveram presentes no Circuito de Vallelunga para verem Valentino Rossi competir em quatro rodas, com o Campeão do Mundo de MotoGP a fazer equipa com Andrea Ceccato e Alessio Salucci aos comandos de um Ferrari 430 preparado pela Kessel Team.

O nevoeiro obrigou a que as primeiras voltas da corrida de resistência fossem feitas atrás do Safety Car, mas foi Rossi quem começou a prova e voltou aos comandos na sexta hora. Contudo, a tripla italiana teve problemas, com dificuldades mecânicas e um incêndio nos momentos finais a impedirem a luta pela vitória.

Rossi e os seus companheiros de equipa lograram, ainda assim, terminar em terceiro na classe GT3, atrás do Corvette de Emanuele Pirro, Carlo Graziani e Elio Marchetti e do Ferrari 430 de Forgione, Carugati e La Mazza.

“Tivemos algum azar no fim, pelo que quero voltar e tentar de novo,” disse Rossi. “Se surgir a oportunidade de voltar para o ano ficarei contente porque quando se está na frente a 40 minutos do fim fica-se com um amargo de boca.”

“Assustei-me um pouco com o incêndio, mas o pessoal da segurança respondeu muito rapidamente. É duro porque estivemos perto da vitória. Não houve lutas no início por causa do Safety Car, mas divertimo-bos todos porque rodámos bem e tivemos muitos fãs a darem apoio.”

Pirro, que venceu a GT3, não demorou a reconhecer os esforços de Rossi e disse: “O Valentino é um exemplo para todos porque é um Campeão e tem a humildade de tentar disciplinas diferentes, sem arrependimentos e dando tudo.”