royal-enfield-novo-motor

Royal Enfield confirma novo motor twin de 650 cc e 47 cv

Mais novidades estão surgindo no segmento de motos clássicas. Nesta semana, a Royal Enfield confirmou um novo motor para equipar suas motos já a partir de 2018 e que o apresentará oficialmente no Salão de Milão, o EICMA, que ocorre de 9 a 12 deste mês. Trata-se de um propulsor de dois cilindros paralelos, 648 cc, SOHC (comando simples de válvulas no cabeçote), refrigerado a ar/óleo, taxa de compressão compressão de 9,5:1, com quatro válvulas por cilindro e que trabalhará em conjunto com um câmbio de 6 marchas. A potência máxima é de 47 cavalos a 7.100 rpm e 5,3 kgf.m de torque, disponíveis já aos 4 mil giros.

Royal Enfield desenvolveu um novo motor, o mais potente da marca atualmente. Com dois cilindros paralelos e 648 cc, ele gera 47 cv e 5,3 kgf.m de torque (disponíveis já aos 4 mil giros)

Royal Enfield desenvolveu um novo motor, o mais potente da marca atualmente. Com dois cilindros paralelos e 648 cc, ele gera 47 cv e 5,3 kgf.m de torque (disponíveis já aos 4 mil giros)

O motor marca o início de uma nova fase para a marca, galgando posição em outros mercados, onde hoje estão motos como a Harley-Davidson Street 500 e a Ducati Scrambler, por exemplo. Afinal, este será o propulsor mais potente a sair da fábrica da RE atualmente (hoje quem detém este posto é o que equipa a Continetal GT, com 535 cc, um cilindro, 4,5 kgfm de torque e 29 cv), podendo posicionar modelos da Royal logo abaixo de motos com padrão de motorização e acabamento superiores aos que a RE tem concentrado suas ações com Bullet, Classic 500, Continental GT e Himalayan (a aventureira que, infelizmente, não veio ao Brasil). Aliás, a intenção da marca com o novo motor é fazer com que suas motos vençam a barreira dos 160 km/h com facilidade.

Muitos detalhes foram revelados sobre o motor e poucos a respeito da motos que ele irá equipar. Em tese, serão uma cafe racer (foto) e uma street, mas lançamento oficial será no EICMA, nesta semana

Muitos detalhes foram revelados sobre o motor e poucos a respeito da motos que ele irá equipar. Em tese, serão uma cafe racer (foto) e uma street, mas lançamento oficial será no EICMA, nesta semana

As motos nas quais ele estará montado no EICMA serão a grande surpresa do stand da marca inglesa/indiana no evento, mas as especulações – alimentadas por supostas imagens de bastidores – falam principalmente de uma café racer (condizente com o apelo mais esportivo do motor e seu interessante torque em baixas rotações) e uma street. Além disso, a Royal Enfield destacou que os modelos já estão em fase final de pré-produção e chegarão ao mercado em abril de 2018 (coincidentemente logo após um ano do início de suas operações no Brasil). Certamente suas vendas iniciarão pela Índia e outros países da Ásia com a expansão gradual a outros mercados, o que pode incluir o Brasil. Aguardaremos ansiosos por mais estas novidades.

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.