Sachsenring oferece a Lorenzo quarta pole consecutiva

Sachsenring oferece a Lorenzo quarta pole consecutiva

Sachsenring oferece a Lorenzo quarta pole consecutiva

O piloto da Fiat Yamaha garantiu a pole numa sessão onde a bandeira vermelha foi mostrada, devido ao óleo deixado na pista pela sua M1. Casey Stoner e Dani Pedrosa vão acompanhá-lo na primeira fila da grelha, com Rossi a partir da quinta posição.

Jorge Lorenzo assegurou a quarta pole consecutiva da temporada de 2010, depois de ter liderado a tabela de tempos da qualificação para o eni Motorrad Grand Prix Deutschland, assinando a volta mais rápida da sessão de sábado com 1m21,817s. O líder do Campeonato não teve, contudo, uma sessão fácil, com sua mota a derramar óleo na pista e a levar a que a bandeira vermelha fosse mostrada, depois de quedas de Ben Spies e Randy de Puniet. O espanhol conseguiu, apesar disso, garantir o primeiro posto da grelha para uma corrida onde tentará mais uma vez vencer a partir da pole.

Casey Stoner (Ducati Team) irá partir em busca da primeira vitória da época da segunda posição, depois de ter terminado a sessão apenas 0.024s atrás de Lorenzo. Dani Pedrosa (Repsol Honda) estará igualmente na primeira linha da grelha, tendo sido o último piloto a rodar abaixo da marca de 1m22s.

Andrea Dovizioso (Repsol Honda) liderará a segunda linha, depois de ter ficado a três décimos do seu companheiro de equipa, enquanto Valentino Rossi (Fiat Yamaha) partirá da quinta posição, após ter ficado a 0.578s de Lorenzo. Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar) conseguiu a sua melhor qualificação de sempre na Classe Rainha, com o sexto melhor tempo.

A bandeira vermelha foi mostrada quando faltavam 25 minutos para o final da sessão, quando a M1 de Lorenzo começou a derramar óleo na pista á entrada da curva 1. Atrás dele Spies (Monster Yamaha Tech 3) acabou por cair, tal como De Puniet (LCR Honda), com o francês a chocar com Spies quando tentava controlar a moto.

De Puniet foi transportado para a Clínica Móvel, onde um raio-x à perna direita confirmou não existirem quaisquer fracturas. O piloto espera, por isso, partir da sétima posição da grelha, depois de já ter alinhado em 189 corridas consecutivas desde 1999.

Alex de Angelis (Interwetten Honda MotoGP) também teve uma queda no final da sessão, mas sem qualquer consequência, enquanto Loris Capirossi (Rizla Suzuki) teve uma saída de pista.