Foto: Ih, qual desses ‚ o Leo?

Salão, GP Brasil, Alma Selvagem, testes, pós-venda, etc

Foto: Ih, qual desses ‚ o Leo?

Foto: Ih, qual desses ‚ o Leo?

Tite, vc ‚ um mala mesmo, n‚? NÆo publicou as fotos dos maiores malas do SalÆo das 2 Rodas e tb nem veio pra Curitiba. (ou veio e nem avisou). Nem na comunidade do Alma Selvagem que eu criei no Orkut vc entrou! Vou ver se ainda d  tempo de sustar o cheque do DVD e do livro, s¢ pra te ferrar! hauhauahuah Brincadeiras a parte, apare‡a Doctor!
LEO – Curitiba/PR

R: Pronto, ta¡ a foto. Mas eu conhe‡o um cara pior: promete levar um presente e esque‡a no carro! Outra comunidade do Alma Selvagem? J  tinha uma! Vai preparando a costela, por favor. De boi, t !

GP Brasil
Fala tite blz. Gostaria de saber porque nÆo temos a moto GP em interlagos. Ouvi dizer que o aut¢dromo nÆo est  dentro das especifica‡äes dos organizadores da categoria ‚ verdade? Como temos o campeonato brasileiro ocorrendo aqui acredito que seria poss¡vel vocˆ considera o autodromo de interlagos apropriado para as corridas de moto? Com as reformas (do PAN) em jacar‚pagua ainda teremos o moto GP no Brasil?
Ricardo – SÆo Paulo

R:  com profunda tristeza que informo aos brasileiros que Interlagos NÇO SERVE para corridas do MotoGP. Ali s, nem mesmo para a categoria Superbike porque o muro na entrada da reta dos boxes fica muito pr¢ximo da pista. Como a solu‡Æo envolveria a derrubada de muitos metros de arquibancada, nÆo tem jeito. O circuito de Jacarepagu  foi assassinado pelo COB – Comitˆ Ol¡mpico Brasileiro – e agora s¢ serve para escola de pilotagem, apesar de a Stock Cars ainda correr l  por interesses comerciais.

Alma Selvagem
Tio Tite. Quero parabenizar pelo excelente filme. A £nica coisa foi aquele seu sotaque, hehehe! Pena que nÆo peguei autografado, pois foi um amigo meu que comprou no salÆo para mim e vocˆ nÆo estava l  na hora. Mas ele disse que a garota que o atendeu era do tipo ““ l  em casa”! Ainda, quero aproveitar o espa‡o para fazer as devidas homenagens … fam¡lia P‚ de Pano, que foi aben‡oada com o Davi. Todas as felicidades para eles!
Junior – Curitiba/PR

R: Valeu, JR, aproveita que vc tb ‚ de Curitiba e assa uma picanha pra mim tamb‚m! Em homenagem ao Paninho.

Testes
Me bateu uma curiosidade, tipo, qnd vc pede as motos p/ a montadoras, elas sempre te emprestam as motos 0km, semi-nova, usada etc. se for zero oq acontece depois de vc por ex: fazer um teste de viagem e vc anda 2mil/km o q as montadoras fazem qnd vc devolve as crian‡a usada? e caso vc caia ou arranhe a moto? sai do seu bolso?
rafael – niteroi /RJ

R: SÆo raras as vezes que pegamos motos totalmente zero km, mas acontece. Essas motos fazem parte da frota de marketing das f bricas e voltam pra l  para cair (modo de dizer) nas mÆos de outros jornalistas. Essas motos – felizmente – tˆm seguro e se a gente se estabaca (ou roubam) o seguro cobre as despesas – da moto! porque da gente quem paga somos n¢s mesmos!

P¢s-venda
tite acabei de comprar uma gs500 gra‡as a sua assistencia e sabiencia espero muitas alegrias com essa motoca . na suzuki ofereceram R$8000 na minha fazer 250 e na yamaha do guaruja ofereceram R$7200 para eu pegar a xt660 .conclusÆo a yamaha nÆo valoriza suas motos perdeu um cliente certo para a suzuki .
gilmar – guaruja -sp

R: NÆo ‚ a primeira vez que recebo esse tipo de reclama‡Æo e acho que o marketing da Yamaha deveria olhar para esse assunto com mais afinco.

Corredor
E ai Tite, me diz uma coisa, existe alguma lei que pro¡be trafegar com a moto pelo corredor como na marginal?
Ricardo – Embu-SP

R: Sim e nÆo (que enrola‡Æo!). Porque a rigor existe um item no CTB que especifica a todos os ve¡culos “manterem-se a uma distƒncia segura dos outros ve¡culos”. Isso d  margem a uma poss¡vel proibi‡Æo. Mas quando tentaram proibir efetivamente o entÆo presidente Fernando Henrique Cardoso vetou sob a alega‡Æo de que motos precisam de mobilidade! Nada como um presidente intelectual que reconhece o significado da palavra moto em latim, que quer dizer “movimento”. Educa‡Æo ‚ tudo mesmo!

Garupa
Tite Vc fala que esportiva ‚ um terror para os garupas. S¢ que ao sentar em uma hayabusa eu tive a impressÆo dela ser mais confort vel para o piloto, por ser mais larga. E me passou a id‚ia de ser melhor para o garupa tb. O que vc pode me dizer a respeito? Existe alguma esportiva que possibilite viagens com garupa? (acho que vc disse que nas bmws isso ‚ poss¡vel, mas eu tenho uma certa admira‡Æo pela Hayabusa).
Eduardo – SÆo Paulo – SP

R: Edu, eu nÆo falo, eu escrevo! A Hayabusa NÇO ‚ uma esportiva, mas uma sport-touring. Ou seja nÆo ‚ nem uma coisa nem outra.  que nem ruiva: nem ‚ loira, nem castanha! A garupa da Hayabusa ‚ mais suport vel do que das esportivas como a Srad 1000. Mas uma garupa de BMW ‚ primeira classe! Inclusive no pre‡o!

Rota‡äes
Tite, ‚ poss¡vel e vi vel fazer uma moto entrar em seu regime de torque m ximo em rota‡äes mais baixas? Por exemplo, na Mirage, o que ‚ necess rio fazer para ela trabalhar com rota‡äes menores? Qual o impacto (arrancada, velocidade final e consumo)?
Pedro – SP/SP
Dc tite fiz algumas regulagens na minha moto (twister)e consequi ultrapassar os 160km q marcam no painel, porem, a moto esta entrando na faixa vermelha das rota‡oes 10.500rpm enquanto q a faixa branca vai ate as 10.000 rpm como q eu fa‡o para minha moto atingir a mesma velocidade utilizando menos rota‡ao?
Murilo – uberlandia MG

R: U‚, de repente os caras ficaram insatisfeitos com as rota‡äes das motos? Pedro, s¢ se vc alterar a rela‡Æo de transmissÆo por uma mais “curta”. Mas vai ficar mais lenta de velocidade e gastar mais gasolina. Murilo, no seu caso teria de usar uma rela‡Æo mais “longa” o que comprometeria a retomada de velocidade e acelera‡äes.

Dalt“nicos
Tite, tamb‚m sou dalt“nico, mas acho que em um grau nÆo tÆo acentuado quanto o seu. Consigo claramente(!) diferenciar o verelho do verde. O problema reside nos tons escuros de vermelho, bord“ e marrom que – pelo menos para meu cerebro – podem ficar muito parecidos se nÆo houver alguma outra cor para estabelecer um contraste. Com rela‡Æo ao sem foro. O que fazer em uma cidade como Campo Grande onde a bolinha vermelha nÆo ‚ maior que as outras? SÆo todas do mesmo tamanho!
Marco – Campo Grande
Acabei de ler sua coluna “Pena que seja a cores” e lembrei de uma situa‡Æo embara‡osa nÆo para o dalt“nico mas para o infame sem informa‡Æo que aqui escreve. Meu sogro (eis o daltonico com fama de vilÆo de faroeste) compra uma televisÆo nova faz toda configura‡Æo e chama a fam¡lia. A tv esta legal mas no modo sem cor, nimguem fala nada e eis que o bestÆo aqui diz – “Mas t  errado”. Meu sogro olha com cara de eis meu eis novo genro e diz -O que? O Palerma na inocˆncia responde – “ta sem cor se quiser eu programo” Ou seja existem informa‡äes preciosas para nÆo perder pontos com o sogrÆo. Descobri nesse dia que o velho ‚ daltonico. Fiquei sem gra‡a pois ele estava tÆo feliz e a fam¡lia estava quieta acho que iriam arruma as cores s¢ depois dele sair da sala.
Geovane – Pindamonhangaba-SP

R: Geovane, eu so tive minha primeira TV em cores quando me casei da primeira vez. Antes s¢ tinha TV preto&branco e era muito feliz assim!