Dário Júlio, piloto Honda Mobil de Enduro de Regularidade

Sandro Hoffmann vence Enduro dos Bandeirantes e lidera Brasileiro

Dário Júlio, piloto Honda Mobil de Enduro de Regularidade

Dário Júlio, piloto Honda Mobil de Enduro de Regularidade

Depois de ficar dois meses se recuperando de uma fratura no pulso esquerdo, o piloto oficial da Equipe Honda Mobil, Dário Júlio, faz corrida de superação e termina primeiro dia em sexto

Depois de enfrentar um percurso de 260 km em dois dias, entre trilhas escorregadias, pedras, plantações de café, travessias de riachos, além de uma passagem ao redor de um vulcão extinto, o piloto satélite Honda, Sandro Hoffmann, venceu o Enduro dos Bandeirantes, disputado em Patrocínio (MG). De quebra, além das vitórias nas 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade, em Minas Gerais, o piloto saiu com a liderança da competição.

Novo líder com 134 pontos, Hoffmann comemora a posição conquistada e espera continuar em primeiro até o término do Brasileiro. ‘’No ano passado assumi a liderança em maio, na prova da Polenta. Este ano consegui já em março. Venho conquistando bons resultados e o meu desempenho tem sido muito bom. Agora preciso mantê-lo’’, coloca o piloto, que desde 2003 não fazia uma dobradinha em Patrocínio.

Com grau bastante elevado de dificuldade, o Enduro dos Bandeirantes foi comparado por Sandro Hoffmann a uma etapa do Mundial. ‘’O primeiro dia estava muito complicado e difícil. Parecia prova de Mundial. O riacho, que estava cheio e com uma correnteza bastante forte, gerou uma grande dificuldade. A organização teve que ajudar alguns pilotos na passagem. O piloto precisava estar 110% preparado. Logo no início do segundo dia tivemos que passar por um balaio dentro de uma mata. Havia muita pedra. Precisei ter todo o cuidado para não comprometer o pneu da moto’’, coloca o capixaba.

Quem também correu a prova complicada em Minas Gerais foi o piloto oficial da Equipe Honda Mobil, Dário Júlio. O mineiro, que vinha de uma fratura no pulso esquerdo, fez uma grande corrida de superação e conseguiu a sexta colocação no primeiro dia. ‘’Realmente não esperava este resultado. Tive que ir me regrando ao longo do dia, mas valeu à pena este esforço. A trilha estava muito difícil, a prova era muito técnica e havia pedra demais’’, afirma o piloto oficial da Equipe Honda Mobil.