Scudeler na 4ª Etapa do Brasileiro em Interlagos

A temporada 2004 do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade chega … metade no pr¢ximo domingo (6), com a quarta etapa no Aut¢dromo Internacional Jos‚ Carlos Pace, em Interlagos.

O circuito paulistano vem se constituindo, desde o ano passado, num palco de comemora‡äes para o piloto Gilson Scudeler. L¡der invicto da categoria Supersport, a principal, o bicampeÆo demonstra otimismo para a manuten‡Æo do aproveitamento total na competi‡Æo.

Gilson, que conquistou os t¡tulos brasileiros de 2002 e 2003, vem de uma seqˆncia de seis vit¢rias nas provas em Interlagos. No ano passado, o piloto do TEAM PETROBRAS ECO ganhou as trˆs etapas que compuseram o Campeonato Paulista da categoria For‡a Livre e repetiu a dose nas duas corridas paulistas do Brasileiro, v lidas pelas quarta e oitava etapas. Neste ano, iniciou sua campanha rumo ao tricampeonato com mais uma vit¢ria em Interlagos.

“Tem sido uma pista muito generosa para n¢s”, diz o bicampeÆo, que tem na moto n£mero 1 as logomarcas de Pirelli, Arlen Ness, Luna, Shark, Pro Head, Samacar e Alpinestar. Com 28 pontos a mais que o vice-l¡der Pablo Martins, ele entende que o momento ‚ de administrar sua vantagem. “As outras equipes estÆo com motos novas e j  adiantadas no desenvolvimento. Eu ainda corro com a moto do ano passado. A concorrˆncia vai estar mais forte”, aposta.

Apesar do equipamento antigo, o piloto do TEAM PETROBRAS ECO vem desempenhando uma campanha das mais consistentes no Brasileiro de 2004. Foi vencedor das trˆs etapas realizadas at‚ agora, em Interlagos, Bras¡lia e Cascavel. Na pista paranaense, em 16 de maio, conquistou a vit¢ria com uma ultrapassagem sobre Martins na pen£ltima volta, depois de largar em quarto. “A competitividade do campeonato est  aumentando bastante”, ele observa.

CLASSIFICAۂO
Com trˆs etapas j  disputadas, a classifica‡Æo da categoria Supersport no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade ‚ a seguinte: 1§) Gilson Scudeler (SP), 75 pontos; 2§) Pablo Henrique Martins (SP), 47; 3§) Lu¡s Carlos Cerciari (SP), 45; 4§) Adilson “Cajuru” MagalhÆes (SP), 40; 5§) Pierre Chofard (SP), 30; 6§) Eraldo Tom‚ (SP), 22; 7§) Paulo Santos (SP), 20; 8§) Rodrigo Rossi (SP), 17; 9§) Wesley Gutierrez (SP), 11; 10§) Hilaire Damiron (SP), 10.