Foto: Gilson Scudeler, piloto da Superbike do Team Scud, que conta com o patrocínio da Honda

Scudeler quer manter invencibilidade no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade

Foto: Gilson Scudeler, piloto da Superbike do Team Scud, que conta com o patrocínio da Honda

Foto: Gilson Scudeler, piloto da Superbike do Team Scud, que conta com o patrocínio da Honda

Ao lado de Robson Portaluppi e Pierre Chofard, hexacampeão brasileiro defende liderança isolada da competição, que segue para a quarta etapa neste final de semana em Brasília

Manter a liderança absoluta do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade é somente uma das metas do hexacampeão Gilson Scudeler na quarta etapa da competição, marcada para o próximo final de semana (16 e 17), em Brasília. Além disso, o ponteiro invicto da principal categoria da prova, a Superbike, planeja uma disparada ainda maior na classificação. Ao lado de Robson Portaluppi e Pierre Chofard, que completam o Team Scud, patrocinado pela Honda, o hexacampeão brasileiro pretende mostrar porque é dono de tantos títulos. Os três irão acelerar com as motocicletas Honda CBR 1000RR no Autódromo Nel son Piquet, a partir das 11h, no domingo. Os treinos cronometrados serão realizados no sábado.

Desde o início da temporada, Scudeler garantiu vitórias incontestáveis. Na última delas, disputada em Campo Grande (MS), ganhou uma motivação a mais ao estrear o modelo 2008 de sua motocicleta. Deixou para trás os adversários com folga e já prometeu repetir o feito em Brasília. A equipe iniciou os treinos na pista nesta terça-feira. “É um circuito rápido e bem divertido, mas que conta com algumas ondulações. Não temos provas aqui desde 2005. É muito gratificante voltar”, analisou o experiente piloto.

Scudeler destaca que a pista de Brasília tem uma característica diferente das outras. “Ela é a única que tem o sentido horário. Nas outras que são construídas ao contrário, a maior parte das curvas é para a esquerda e, nesta, elas são para a direita. É, com certeza, um tempero a mais.”

O paulista, que lidera a classificação com 151 pontos, tem uma certa tranqüilidade. Porém, isso não é motivo para que ele deixe de lutar pela vitória. “Ter uma boa vantagem é um fator que te traz mais tranqüilidade e também a possibilidade de cometer algum deslize, o que pode acontecer a qualquer momento”, disse o piloto. O segundo colocado é Danilo Andric (97 pontos), seguido por Cristiano Vieira (87).

Novidade na pista – A novidade na equipe é a volta de Pierre Chofard, piloto de testes da equipe que correu somente a primeira etapa, em Interlagos, São Paulo. “Estou bastante empolgado. Espero me sair bem com a moto nova e conseguir andar ao lado dos outros pilotos. Fiquei afastado, me dedicando aos treinamentos. Estou bem disposto a fazer uma boa corrida”, comentou Chofard.

O gaúcho Robson Portaluppi está em grande ascensão no campeonato. Em quarto lugar, com 73 pontos, ele quer aproveitar a boa fase para crescer ainda mais. “Espero subir ainda mais na tabela. Sei que vai ser difícil. Tanto o Danilo quanto o Cristiano estão andando muito bem e com vontade de vencer. Tudo pode acontecer. Vou brigar para conseguir um bom resultado. Espero continuar nesta evolução que tive nas últimas etapas”, concluiu o piloto.

Confira a classificação da categoria Superbike:
1 – Gilson Scudeler – 151 pontos – Honda CBR 1000RR
2 – Danilo Andric – 97
3 – Cristiano Vieira – 87
4 – Robson Portaluppi – 73 – Honda CBR 1000RR
5 – Bruno Corano – 66