Secretaria de Transporte(SP) prevê 1.8 milhão de veículos nas estradas neste feriado

Secretaria de Transporte(SP) prevê 1.8 milhão de veículos nas estradas neste feriado

Secretaria de Transporte(SP) prevê 1.8 milhão de veículos nas estradas neste feriado

DER, Polícia Rodoviária Estadual, Dersa e concessionárias se mobilizam para atender melhor os usuários e conscientizar sobre direção segura. Dersa sugere que se evite a balsa Santos-Guarujá

Cerca de 1,8 milhão de carros irão circular pelas estradas do interior e litoral do Estado nos quatro dias de Operação Nossa Senhora Aparecida, cerca de 100 mil veículos a mais que no último feriado, o da Independência. Entre as estradas que devem receber mais veículos está a rodovia Ayrton Senna com 500 mil veículos, devido às pessoas que devem viajar para o Santuário de Nossa Senhora Aparecida e também ao litoral Norte.

Para quem segue para o litoral sul nesse feriado, a Dersa recomenda que os motoristas evitem a balsa que faz a travessia Santos-Guarujá, por causa das obras que estão em andamento desde agosto devido a colisão de um navio chinês no atracadouro (mais informações abaixo no Box sobre as balsas)

Além disso, como é tradicional, um esquema que conta com mais de 6 mil homens, além de equipamentos como telefones para pronto atendimento, viaturas, estará pronto para garantir segurança e conforto aos usuários dos 22 mil km de rodovias estaduais de São Paulo nesse feriado.

Os horários de maior pico de tráfego devem acontecer das 18h às 23h da sexta-feira (dia 9), das 7h às 14h do sábado (dia 10). Na volta, o tráfego mais intenso deve ocorrer das 15h às 22h da segunda (dia 12).

Para ajudar os usuários, a operação vai contar com o efetivo de mais de 2 mil profissionais do DER, Dersa e das concessionárias, em todo o Estado, além de um contingente administrativo e operacional da Polícia Rodoviária Estadual, com 4 mil policiais, com a presença de 80% do efetivo nos horários de maior tráfego.

Entre viaturas de inspeção, guinchos, ambulâncias, veículos de apoio e motos para socorro, a estrutura do DER soma 380 unidades. Os policiais rodoviários empregarão cerca de mil viaturas (carros e motos), aeronaves e 103 bafômetros para a fiscalização de velocidade e binóculos para a fiscalização de infrações em movimento, principalmente de motociclistas. Além disso, radares estarão dispostos ao longo da rodovia, coibindo o abuso de velocidade.

Como em outras operações especiais e com o objetivo de reduzir o número de acidentes e de vítimas, os policiais dispensarão atenção especial à fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas (ou de substâncias de efeitos análogos) nas Operações Direção Segura (ODS) promovidas por toda a Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas fiscalizações de rotina e nos atendimentos de eventuais acidentes de trânsito.

A Polícia alerta que o motorista flagrado dirigindo sob a influência de álcool será penalizado com multa de R$ 957,70, retenção do veículo e suspensão do direito de dirigir por doze meses, além de responder criminalmente pela sua conduta, dependendo das circunstâncias, com pena de detenção de seis meses a três anos.

As 14 divisões regionais do DER manterão equipes disponíveis para socorro em situações de emergência, tais como deslizamentos, alagamentos e inundações. As concessionárias trabalharão também com operações especiais. As 57 Unidades Básicas de Atendimento (UBAs) distribuídas no Estado também estarão atentas para qualquer mudança.

Campanha educativa – Neste feriado, a campanha educativa do DER tem como foco a prevenção aos atropelamentos. Com o slogan “Não coloque sua vida em risco”, a campanha, que deve durar 45 dias abrangendo outros feriados, visa tanto motoristas quanto pedestres e ciclistas. Serão distribuídos cerca de 60 mil panfletos e outros 60 mil postais, além da fixação de 28 faixas educativas.

“Nosso esforço que conta inclusive com campanhas educacionais é para que a segurança nas estradas seja cada vez maior “, afirma o secretário de Estado dos Transportes, Mauro Arce.