Segredo da Yamaha e Freios

Segredo da Yamaha e Freios

Segredo da Yamaha e Freios

Segredo da Yamaha – Tite, hoje vi no site da Yamaha Brasil que a TDM 225 nÆo consta mais do cat logo de produtos, vocˆ sabe se a esperada 250 finalmente vai aparecer?.
Ser  que a Yamaha est  saindo de sua hiberna‡Æo?
Marcos
Rio de janeiro, RJ
Marquito, que boa chance que vc me deu! Seguinte mo‡ada, a Yamaha 225 j  ‚ passado, porque j  vimos a nova Yamaha XT 250 em teste. A revista Motociclismo Magazine deste mˆs publicou as fotos da XT e eu achei sem querer na internet uma versÆo street da Yamaha 250 para concorrer com a Twister. Ambas terÆo motor monocil¡ndrico, quatro tempos, duplo comando e quatro v lvulas. Ambas terÆo freio a disco traseiro (viu, dona Honda?). A XT seguir  o visual da XTZ 660 e a street ser  semelhante … Yamaha XJR 400, mas as rodas de liga leve tˆm raios curvos, como a da velha Daelim 100. Podem se preparar, meninos, porque as 250 da Yamaha prometem ser beeem legais, e aguardem fotos em breve aqui no Motonline!

Freios
Gostaria de saber por quˆ, nos discos de freio, existem furos ou sulcos, isto nÆo diminui a  rea de contato das pastilhas? E tamb‚m qual a vantagem dos discos de freio com as bordas recortadas? Al‚m das pin‡as de freio fixadas radialmente, tamb‚m h  bombas de acionamento do freio radiais? Em um autom¢vel h  um disco de freio para cada roda, o peso de um autom¢vel e muito superior ao de uma moto, e a  rea de contato do pneu com o solo ‚ muito maior. Os dois discos de freio na roda dianteira sÆo para evitar tor‡äes? Acho que com tanta potˆncia para frear como os pneus nÆo tˆm aumentado muito a  rea de contato com o solo nÆo seriam como um amigo costuma dizer, “um tiro de 44 num pardal” pois os freios seguram a roda mas o atrito do pneu com o solo nÆo ‚ tÆo efetivo quanto o sistema de freio.
Gaspar dos Reis Pedrosa J£nior
RibeirÆo Preto, SP
Gasparzinho, primeiro o Tio Tite vai esclarecer uma coisa que parece ainda nebulosa na cabe‡a de muita gente: MOTO NÇO  CARRO!!! Portanto nÆo cabem compara‡äes t‚cnicas. Aqueles furinhos tˆm as finalidades de melhorar o arrefecimento por troca de calor com o meio e retirar o res¡duo de pastilhas da superf¡cie. NÆo reduz a  rea frenante porque o disco est  em movimento. Os discos com “bordas recortadas” surgiram no motocross como uma forma de eliminar a lama mais rapidamente da superf¡cie. Ficou “bonitinho” e agora virou moda. Mesmo com a pequena  rea de contato do pneu dianteiro com o solo, quando h  uma frenagem, o deslocamento de massa para a dianteira ‚ tÆo grande que o pneu “deforma” e aumenta sua impronta ao solo. A razÆo dos dois discos ‚ apenas para aumentar a capacidade de frenagem.