Segunda etapa do Rally dos Sertões: rápida e polêmica

AruanÆ (GO) – A segunda etapa do Rally dos Sertäes, que aconteceu neste domingo, dia 31 de julho, nÆo foi muito tranquila para os competidores. Preocupados em controlar a velocidade de at‚ 150 km/h, nova regra da prova, alguns pilotos afirmaram que esta mudan‡a deixou o rali mais perigoso.

“A especial de hoje era bem r pida e entÆo foi complicado controlar a velocidade. Principalmente na categoria Motos, o risco de acidente aumentou pois temos que navegar, pilotar, olhar o hod“metro e agora a velocidade”, explicou o piloto da KTM 525 da Equipe Petrobras Lubrax, Jean Azevedo. O piloto terminou a etapa de hoje na segunda posi‡Æo, atr s do espanhol Marc Coma. Em terceiro ficou o chileno Francisco Lopez e, em quarto, o brasileiro Juca Bala.

Entre os carros, mais uma vez o melhor tempo foi da dupla Guilherme Spinelli / Marcelo V¡volo. Na segunda posi‡Æo, ficaram Paulo Nobre e Dico Teixeira, seguidos pelos irmÆos Marlon e Joseane Koerich e pela dupla Klever Kolberg / Luiz Carlos Pal£, na quarta coloca‡Æo.

“Os sensores do hod“metro e do veloc¡metro simplesmente apagaram. O Pal£ teve que usar o GPS para fazer a fun‡Æo desses equipamentos. A nossa comunica‡Æo ficou complicada, eu ficava perguntando sobre a velocidade que est vamos e ele tentando falar o caminho que dever¡amos seguir”, contou Klever. De acordo com o novo regulamento do Rally dos Sertäes, motos, carros e caminhäes nÆo devem ultrapassar a velocidade de 150 km/h. Para monitorar cada ve¡culo, foi instalado um aparelho chamado SPY (espiÆo, em inglˆs) que ser  checado ao final de cada etapa do rali. O competidor que exceder a velocidade sofrer  penaliza‡äes na classifica‡Æo geral da prova.

Na categoria Caminhäes, a quebra de uma ponte obrigou os competidores a realizar apenas 70, dos 110 quil“metros previamente estabelecidos pela organiza‡Æo. “O trecho de hoje era de muitas retas com bastante saltos. Como a etapa de amanhÆ ser  Maratona, sem assistˆncia mecƒnica, resolvi poupar o caminhÆo”, afirmou o piloto do Mercedes-Benz 1728 Flex Truck Andr‚ Azevedo, que obteve o terceiro melhor tempo neste domingo.

A dupla Ricardo Domingues / Nilo de Paula foi a mais r pida do dia e na segunda posi‡Æo ficou Luciano Cunha / Carlos Brites. Yara Azevedo, que pilota um Mercedes-Benz Accelo, teve problemas com o amortecedor do ve¡culo e terminou na 13¦ coloca‡Æo.

Resultados extra-oficiais, divulgados …s 18h40 da etapa deste domingo:
Motos
1§ Marc Coma;
2§ Jean Azevedo;
3§ Francisco Lopes.

Carros
1§ Guilherme Spinelli / Marcelo V¡volo;
2§ Paulo Nobre / Dico Teixeira
3§ Marlon Koerich / Joseane Koerich;
4§ Klever Kolberg / Luiz Carlos Pal£.

Caminhäes
1§ Ricardo Domingues / Nilo de Paula
2§ Luciano Cunha / Carlos Brites
3§ Andr‚ Azevedo / Maykel Vilarta
13§ Yara Azevedo / M rcia Cury / Alessandro Nogueira

Veja como ser  a etapa de amanhÆ:
01/08 – Segunda-feira (Maratona)
AruanÆ (GO) – SÆo F‚lix do Araguaia (MT)
Deslocamento inicial: 360 km com travessia de duas balsas
Especial: 264 km
Total do dia: 624 km – 82 km de asfalto e 542 km de terra

Caracter¡sticas: Esta etapa especial come‡a com bastante areia, depressäes na pista e lombas. Os competidores passarÆo por todo tipo de terreno, pi‡arra, banhados, chÆo duro, chÆo liso, pedras, erosäes de todos os tamanhos. Mas a areia predomina.  uma especial dif¡cil, onde os pilotos deverÆo poupar os ve¡culos, j  que ser  a 1¦. Etapa Maratona. O trajeto passar  por v rias pontes, onde serÆo instaladas zonas de radares. O trecho ‚ bem sinuoso, com muita areia e depressäes at‚ o final, em SÆo F‚lix do Araguaia. A etapa terminar  dentro da cidade.