Segunda vitória da temporada para Pedrosa em Valência

Segunda vitória da temporada para Pedrosa em Valência

Segunda vitória da temporada para Pedrosa em Valência

Dani Pedrosa duplicou o seu número de vitórias na temporada, na última ronda do ano, com o triunfo no domingo no circuito Ricardo Tormo, com Valentino Rossi e Jorge Lorenzo a completarem o pódio.

Foi uma vitória caseira para o piloto da Repsol Honda Dani Pedrosa no Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana, que nunca largou a frente da última corrida da temporada de 2009.

As emoções começaram cedo, ainda antes do início da corrida, quando o homem da pole, Casey Stoner, caiu durante o warm-up, já não tomando posição na grelha de partida. Pedrosa teve assim a oportunidade de liderar desde a sua posição na primeira linha da grelha e depois de fazer a primeira curva na liderança, o piloto da Repsol Honda nunca mais perdeu a posição, garantindo o terceiro lugar da geral pelo caminho.

O Campeão do Mundo Valentino Rossi seguiu o espanhol para terminar em segundo, a 2,630s de Pedrosa, terminando a época da conquista do nono título da carreira com o 13º pódio do ano.

O companheiro de equipa do italiano na Fiat Yamaha, Jorge Lorenzo, esteve muito bem ao manter-se na moto depois de quase ter sido cuspido desta na primeira volta, e logrou terminar a mais 0,283s de distância, no mais baixo do pódio depois de ter já garantido o vice-campeonato, virtude da não participação de Stoner.

O australiano terminou a época em quarto da geral, com Colin Edwards a ficar na quinta posição, graças ao muito positivo quarto lugar assinado na corrida, relegando desta forma Andrea Dovizioso para a quinta posição no campeonato.

A lista dos cinco primeiros do último embate do ano contou ainda com o companheiro de Stoner na Ducati, Nicky Hayden, que se defendeu muito bem dos ataques de Toni Elías, com este a terminar em sexto naquela que foi a sua última corrida com a San Carlo Honda Gresini team.

O wildcard Ben Spies levou a cabo impressionante prova para concluir em sétimo e relegando Dovizioso para oitavo, o que foi uma grande ajuda para o futuro companheiro de equipa na Monster Yamaha Tech 3, Edwards, para garantir a quinta posição no campeonato.

Ainda dentro dos dez primeiros ficaram o Melhor Estreante do Ano Mika Kallio (Pramac Racing) e Alex de Angelis (San Carlo Honda Gresini).