Sem shift light, moto-terapia, suspensão e perdidão

Prezado Euler, NÆo tem shift-light na XT, apenas a luz de problemas na inje‡Æo eletr“nica, que segue aquele padrÆo dos carros.
S‚rgio Campos Jr.
Campinas/SP
Obrigado, S‚rgiÆo, eu nÆo lembrava!

Mototerapia
E a¡ Tite! Barabenz adrazadu! Descobri porque eu e todos os leitores do Motonline sÆo caras legais.  que eu (e eles) fazemos terapia, eu j  h  16 anos!!! ! Mototerapia!! Eu tava procurando moto no Mercadolivre (desisti de mexer mais na minha NX mexida) e a¡ vi um an£ncio de uma dona que tava vendendo a moto porque ia casar. Ela alegava que a moto tava muito nova, pois usava apenas no final de semana para “fazer mototerapia” com o grupo do Orkut – “Motociclistas do Rio”. Ta¡, gostei. Agora eu sei porque eu sou um cara legal e desencanado: Fa‡o mototerapia h  16 anos!!! Sem usar trˆs pontinhos, vou deixar os coment rios para os leitores do Motonline!
Georges Zouein
Lavras MG
Que ‚ isso Z¢in, t  fanho! Cara, esse papo de Mototerapia foi mania nos anos 80. Teve at‚ um psic¢logo doidÆo chamado Jos‚ Angelo Gaiarsa que escreveu um conto muito legal pra mim uns 25 anos atr s, falando maravilhas de sua CB 400. Outros tempos, Z¢in, quando a moto era usada por puro prazer. Eu mesmo me embrenhei no mato, fazendo trilhas, para nÆo enfrentar o divƒ do analista ou a lobotomia. Pena que parei depois de uma traulitada que mandou minha clav¡cula esquerda pelos ares. Tive de operar duas vezes, ficar 3 meses engessado e ainda peguei catapora neste meio tempo. Depois disso precisei muitos anos de terapia para desistir da id‚ia de me jogar de moto e tudo no Rio Tietˆ.

SuspensÆo
O mercado de motos ‚ interessante. NÆo consigo entender como uma Tornado tem a mesma potˆncia de uma XLX 250R e um peso igual ou superior. Prefiro uma XLX 350R. Ali s, uma XLX 350R ou Sahara, desmontada e revisada, agentaria uma viagem ao Chile em ritmo tranquilo? Mais uma pergunta: em carros ‚ normal trocar o conjunto mola/amortecedor por cansa‡o porque nada ‚ dito com rela‡Æo a estes componentes nas motos. Uma XLX de 88 a 90 nÆo corre o risco de ter que troc -los?
Carlos Marques
Londrina, PR
CarlÆo, uma XLX 350 ou Sahara podem suportar at‚ uma viagem de volta ao mundo, basta fazer uma bela revisÆo e ter paciˆncia de monge budista. Se vocˆ ler o manual do propriet rio com aten‡Æo ir  encontrar informa‡äes sobre a troca de componentes. Mais importante que a IDADE da moto ‚ a QUILOMETRAGEM! A XLX ‚ 90 mas rodou quanto? E, lembre-se mais uma vez: moto nÆo ‚ carro!

PerdidÆo
Gostaria que vocˆs me enviassem um financiamento de uma Honda Biz+2004 azul met lica, quanto ela fica parcelada em 18x, como eu dando R$2.000,00 de entrada, por favor me enviem a resposta.
JoÆo Paulo Gon‡alves Santana
Guaruj -SÆo Paulo
A¡, JP, que tal procurar uma concession ria Honda? Tem mais chance de receber uma resposta confi vel do que aqui no consult¢rio do Dr. Tio Tite.