Foto: Cachoeira de Salto Liso, em Pedro II,  no Piauí

Serras Nordeste fará a diferença no Rally Cerapió 2010

Foto: Cachoeira de Salto Liso, em Pedro II,  no Piauí

Foto: Cachoeira de Salto Liso, em Pedro II, no Piauí

Águas cristalinas, vegetação exuberante, dunas branquíssimas, fauna com pássaros exóticos, manguezais, regiões de serras, calor humano e fortes emoções.

Esse é o cenário perfeito que agitará ainda mais as acirradas disputas do Rally Cerapió. Para isso, a organização do evento escolheu a dedo os roteiros da prova e resolveu presentear os competidores com o melhor que o Ceará e Piauí têm a oferecer. O evento acontece de 25 a 30 de janeiro, com largada em Fortaleza, no Ceará e chegada em Parnaíba, no Piauí.

“Pensamos em unir o útil ao agradável. Teremos um pouco de tudo: praia, muita areia, muita serra, estradinhas no sertão e muitas veredinhas para as motos, bem como roteiros diferenciados para a competição ficar ainda mais técnica, exigindo mais navegação dos participantes”, afirmou o diretor geral do Cerapió, Ehrlich Cordão.

Um dos atrativos do roteiro será a “Serras Nordeste – Entre Parques e Opala”, que compreende seis municípios, entre eles Pedro II, Piripiri e Piracuruca, no Norte do Piauí; e Tianguá, Ubajara e Viçosa, no Ceará. As cidades chamam a atenção pelas belas paisagens, clima ameno e tranqüilidade.

Um dos pontos altos do roteiro é o Parque Nacional de Sete Cidades, no Piauí. Caracteriza-se por monumentos naturais e conta com cerca de duas mil inscrições e pinturas rupestres gravadas em muralhas, estátuas com formas de bichos e pessoas, além de castelos de pedra esculpidos, segundo a versão oficial, pela erosão de milhares de anos.

Abençoada pelo clima agradável, Pedro II é outra cidade que encantará os participantes. O destaque do local é para o Morro do Gritador e a Cachoeira do Salto Liso. O município é conhecido ainda como a “cidade das opalas”, rara pedra preciosa com alto valor no mercado mundial de jóias.

Já no Ceará, uma das raras preciosidades da região encontra-se no Parque Nacional de Ubajara, encravada na Serra da Ibiapaba. As trilhas sinalizadas e, principalmente, a Gruta de Ubajara fascina o turista. A região representa a beleza da vegetação tropical por conta da Reserva de Mata Atlântica.

“O principal objetivo do destino é mostrar que o turista pode ter opção de desfrutar um roteiro com cachoeiras, grutas, extração de opala. Além disso, os competidores poderão conhecer patrimônios históricos e a ótima gastronomia das regiões. É uma opção diferente do que é geralmente propagado, ou seja, mar e sol”, afirmou o Gerente da Área de Comércio e Serviço do Sebrae Piauí, Gilson Vasconcelos.