Guto Klaumann, campeão Prodtucion

Sertões Series apresenta: um domingo de confirmações e reviravoltas

Botucatu, SP, 22 de maio de 2011 – Na segunda passagem pela especial, desta vez na contramão, tudo era diferente em relação ao eixo de orientação, assim como em muito dos resultados. Sem esquecer que, mesmo com cada dia valendo por uma etapa e somando pontos para o Campeonato, estavam em jogo os títulos de Campeões de Botucatu com a soma dos tempos dos dois dias.

Guto Klaumann, campeão Prodtucion

Guto Klaumann, campeão Prodtucion

A batalha da 2ª Etapa entre as motos
Primeiro e segundo colocados de ontem inverteram suas posições, e foi assim que o catarinense deu o troco e ficou com a vitória. Portanto, primeiro lugar para Sérgio Augusto Klaumann (Rio Negrinhos, SC) de Yamaha WR 450, Categoria Production, e o 2º lugar com Ramon Sacilotti (São José dos Campos, SP) na Yamaha /WR 450, Categoria Superproduction (Rinaldi/Alpinestars/Supplement). Desta vez a diferença entre os dois foi de 1m 47seg 22, depois de 1h 42min 10seg de prova. Na somatória geral, Guto Klaumann ficou 6 segundos atrás de Ramon, mas os dois saem Campeões de Botucatu, já que pertencem a duas categorias diferentes.

A estabildade nos mais de 45 anos
Entre os Over 45 anos, outra vitória de Aristides Mafra Jr (Brusque, SC), também de Honda CRF 450x (GS Motos/ ASW/ Acervis/ Riffel), em 1h 49min 56seg, pouco mais de 3seg à frente do 2º  colocado de hoje, Arno Eccher, de Honda CRF. Mais um título, portanto, para Mafra Jr, que venceu todas as especiais de todas as provas de que participou este ano. “Olhando só os resultados pode parecer fácil, mas por ser o meu primeiro ano na categoria over posso garantir que tudo é resultado de muito esforço e preparação”, disse ele.

A segunda oportunidade entre os Quadriciclos 
Márcio Oliveira (Natal, RN) venceu de novo com seu KTM 525 EXC (Queiroz Oliveira/ Avance Soluções/ Belgo Cercas & Cia/ Acellor Mital) em 02h 00min 08,7s. Ele não deu chances à concorrência e garantiu a vitória. O 2º colocado desta vez, porém, foi o quadriciclo conduzido por Bruno Sperancini (Conselheiro Lafayette, MG),com Suzuki LTR 450, que ficou  2min 04seg do líder. E assim, definitivamento, o título do Sertões Series de Botucatu vai mesmo para Natal, junto com Oliveira.

Nos carros novidades
Na Categoria Protótipos a vitória deste domingo foi da dupla Maurício Neves/Leandro Ferrarini (Curitiba,PR), com a L200 Protom (XRC Xtreme Rally Car/ Promacchina/ EKRON Usinagem) com motor a  etanol em 1h 31min 19seg75, seguidos por Jean Azevedo/Emerson Cavassin (São José dos Campos/São Paulo) com Protótipo Brbk (Petrobras ,Petrobras Distribuidora, CCR NovaDutra)  33seg40 atrás.  Com esse resultado, Azevedo/Cavassin conquista o título do Sertões Series de Botucatu. “Como costumam dizer, viemos à moda! Tanto que mesmo tendo perdido uns 40km para passar o Bortolanza, que não nos escutava com problema no rádio, ainda conseguimos vencer “, comemorou Jean.

Na Categoria Super Production em primeiro, repetindo o resultado de sábado, Luiz Facco/Glauber Fontoura (São Paulo, SP) com Mitsubishi L200RS ( Gonçalves SA, Pneus Yokohaa, Fontoura Dias Stands) em 1h 37min 47seg e em segundo lugar, 2min 11seg atrás, Marcelo Marchese Damini/Carlos Brites (Santos, SP) com Mitsubishi L200RS (Candide Ind e Com). A dupla Facco/Fontoura leva a taça de Campeão.

Na Categoria Etanol, vitória no domingo de Reinaldo Varela/Wellinton Rezende (São Paulo, SP,) de Mitsubishi L200 (Mitsubishi, Pirelli, Blindarte, Divino Fogão), em 1h 33min 32seg, batendo por 6min 48seg os vencedores de ontem e Campeões de Botucatu,  Marcus Mello/Eduardo Costa (Osasco, SP), com Mitsubishi L200 Protom.

Finalmente na Categoria Production, a primeira colocação no domingo foi da dupla Sven Fischer/João Stal (Blumenau, SC), com Mitsubishi (Building Products Brasil, Components Imp. Exp.) em 1h 41min 27seg, seguidos por Pedro Prado Filho/Joaquim Bicudo Filho a 4min 42seg, de Mitsubishi Pajero. Mas a combinação de resultados deixa o troféu de Campeão para Ivan Terni/Fausto Dallape (São Paulo, SP), de Mitsubishi TR4 Flex.

E entre os caminhões 50% de novidade 
Entre os Caminhões Leves, mais uma vitória de  Ricardo Conde/José Papacena Neto com Ford F4000 (Autoliner/ Cia Autometal,/Ford/Eaton/BioAuto/BorgWarner/Radiex) em 1h 55min 31,28seg, tempo que garantiu à dupla o Troféu de Campeão do rally.

E entre os Caminhões Pesados: Vitória de Guido Salvini Netto/ Flávio Bisi/Fernando com um Mercedes Atego 1725 em 1h 56min 43,560seg. Eles, que pela soma de tempos dos dois dias, também saem de Botucatu como Campeões.

A próxima etapa
O Sertões Series segue agora rumo ao Rally Internacional dos Sertões, de 9 a 20 de agosto, no qual os quatro primeiros dias da competição pontuam pelo certame.

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.